26/05/11 | 15:26
Violência sexual

Semed promove Seminário PAIR Manaus

Diminuir a estatística de violência contra crianças e adolescentes e promover a prevenção no âmbito escolar são objetivos principais do Seminário PAIR Manaus, promovido pela Prefeitura de Manaus e organizado pela Secretaria Municipal de Educação – Semed. O evento começou na manhã desta quinta-feira e vai até esta sexta-feira, no Auditório Eulálio Chaves, UFAM.

O evento contou com a presença de representantes da Semed,  Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e da Secretaria de Estado da Ação Social (Seas), além de representantes da Polícia Civil. Na abertura dos trabalhos, o destaque ficou por conta índia Djuena Tikuna, que apresentou o Hino Nacional Brasileiro cantado no dialeto tikuna.

Com a temática ‘Interfaces da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes no Espaço Escolar: Ações, Desafios e Realidades’, gestores, pedagogos, professores e representantes das redes de proteção visaram a discussão da prevenção dos vários tipos de violência cometidas contra crianças e adolescentes, além dos procedimentos a serem adotados nesses casos.

O Subsecretário Municipal de Gestão Educacional, Suames Maciel, ressaltou que o combate à violência infanto-juvenil tem ganhado cada vez mais força no município.

“Oportunizamos esse encontro para os educadores, que são personagens principais de mudança no espaço escolar, e demais participantes da temática para que haja essa discussão relevante no atual momento. Essa iniciativa da Semed é apenas mais uma das ações para combater principalmente a violência no âmbito educacional, o que realmente queremos é trazer a família para dentro da escola somando forças para essa causa”, explicou o Subsecretário.

Segundo a socióloga da Semed Eliana Hayden, o seminário permitirá que os educadores sejam munidos de informações relevantes no combate à violência contra crianças e adolescentes.

“Na Semed, realizamos palestras de prevenção voltadas aos pais, alunos e comunitários e os professores recebem informações para que possam lidar com essa causa com mais segurança e conhecimento”, destacou a socióloga.

A palestrante e Mestra em Saúde Pública, Selma Cobra, tratou de temas específicos da violência, dentre eles: Direito Sexual Saudável, Prevenção da violência sexual na escola e os desafios colocados no momento, como fazer funcionar a rede de proteção, o tratamento do agressor, legitimidade da cidadania e a saúde sexual infanto juvenil.

Para ela, é essencial que seja propagada essa discussão e políticas públicas sejam efetivadas para atender essa demanda. “É importante que dispositivos sejam construídos para o devido encaminhamento dessas crianças e adolescentes”, concluiu a palestrante.

A gestora do CMEI Prof. Rita Etelvina Mourão, Sara do Vale, ressaltou que é de suma importância a discussão dessa temática nas escolas e comunidade. “Precisamos ampliar esse debate não apenas com os educadores, mas também com os pais e comunitários para que tenhamos êxito nessa luta. Em nossa escola promovemos palestras e encontros que visam o envolvimento da comunidade interna e externa”, concluiu a gestora.

PAIR

O Programa de Ações Integradas e Referenciais de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto juvenil no Território Brasileiro (PAIR) é uma metodologia de articulação e fortalecimento de redes de enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes. Tem como principal objetivo trabalha nas escolas o tema com o propósito de orientar alunos e familiares de como prevenir este tipo de abuso.