24/01/11 | 17:05
Unidades Móveis da Prefeitura chegam aos alunos das escolas do Parque São Pedro

A partir de 1o de fevereiro as duas Unidades Móveis de Saúde Odontológica da Prefeitura de Manaus, que levam atendimento direto às escolas e comunidades da cidade, vão estar instaladas no Parque São Pedro, na avenida Torquato Tapajós, zona Norte da cidade. As unidades ficarão posicionadas no Centro Municipal de Educação Infantil João Aparecido e na Escola Municipal Nestor Nascimento. Segundo o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a meta é atender a 1.120 alunos, somando as duas instituições de ensino.

As Unidades Móveis são consultórios instalados em carretas projetadas e equipadas para funcionar nos mais modernos padrões clínicos. Com esse aparato, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irá percorrer todas as zonas da cidade, com dentistas e auxiliares de saúde bucal, atendendo a população.

O secretário Francisco Deodato explica que o cronograma de atendimento no Parque São Pedro será dividido em dois períodos. De segunda-feira a sexta-feira o serviço será destinado aos alunos da educação infantil e ensino fundamental das duas escolas – crianças e adolescentes com idade entre 4 e 16 anos. Já aos sábados, no horário de 8h às 12h, serão atendidos os estudantes matriculados na Educação para Adultos, da Escola Municipal Nestor Nascimento.

De acordo com Deodato, durante esta semana serão realizadas reuniões de orientação com os pais dos estudantes que receberão atendimento. “Neste primeiro contato, os responsáveis legais por crianças e jovens serão informados sobre o funcionamento do serviço para que possam autorizar que os filhos recebam atendimento. Além disso, serão orientados sobre os cuidados que podem assegurar a manutenção da Saúde Bucal das crianças, após o tratamento”, ressalta o secretário.

Além das orientações prévias a pais e responsáveis, o atendimento das unidades inclui atividades lúdicas e educativas em Saúde Bucal, voltadas para infância e adolescência; e serviços de restauração, extração, profilaxia (limpeza) e aplicação de flúor. As crianças atendidas recebem, ainda, o kit de Saúde Bucal, composto com escova, creme e fio dental.

Em pouco mais de dois meses de funcionamento, o projeto executado pela Semsa já realizou 1.019 atendimentos e distribuiu 956 kits de saúde bucal. As unidades odontológicas iniciaram o atendimento pela zona Leste da cidade, nas Escolas Municipais Maria Ferreira da Silva e Hiran de Lima Caminha, ambas localizadas na avenida Autaz Mirim, no Jorge Teixeira.

A diretora da Escola Municipal Maria Ferreira da Silva, Lenize Martins, diz que o projeto alcançou seu propósito. “Os alunos passaram a ter maior preocupação com a saúde bucal”, afirmou. Leniza conta que, depois que os alunos passaram pelos tratamentos, receberam o kit de higiene bucal e as orientações dos profissionais do projeto, houve uma mudança positiva de comportamento. “Muitos deles fazem questão de fazer a escovação, até após o lanche do intervalo”, destaca.

De acordo com o coordenador técnico do projeto, Sérgio Machado, a maior demanda nos tratamentos realizados nas escolas da zona Leste foi por restaurações. Nos casos em que não foram identificados problemas de saúde bucal, diz ele, as crianças receberam o tratamento profilático (limpeza) e o kit de higiene.

Infraestutura

Cada uma das Unidades Móveis abriga três gabinetes odontológicos, além de dispor de área para esterilização dos instrumentos, dentro dos padrões de biossegurança exigidos pela Vigilância Sanitária. As carretas possuem elevador para facilitar o acesso de cadeirantes e pessoas idosas; uma mini-recepção, com 12 lugares; e uma área usada como palco, na realização de atividades educacionais em saúde bucal, desenvolvidas com os pacientes que estiverem aguardando o atendimento.

Assessoria de Imprensa da Semsa