19/09/18 | 14:16
Unidades de Ensino da DDZ Sul participam de etapa classificatória para fase final da 6ª Feira de Ciências da Semed

A Divisão Distrital Zonal Sul (DDZ Sul), realizou na manhã desta quarta-feira, 19/9, a 6ª edição da Feira de Ciências, Tecnologia e Educação Ambiental, que teve como tema “Ciências para a Redução das Desigualdades: projetos educacionais sustentáveis”. A ação aconteceu no Centro Cultural Povos da Amazônia, bairro Crespo, zona Sul de Manaus, e contou com a participação de doze unidades de ensino disputando na etapa DDZ.

As unidades selecionadas em cada uma das sete DDZs participarão da grande final da feira da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que acontecerá no dia 30 de novembro, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), na Avenida Maceió, zona Centro-Sul de Manaus.

Participaram desta edição alunos da Educação Infantil, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e da Educação Especial.

A ação tem como finalidade incentivar o desenvolvimento de projetos pedagógicos, em todos os segmentos de ensino, nas áreas das Ciências, Tecnologia e Educação Ambientalrelacionados ao tema e ao conteúdo programático das diversas disciplinas das salas de aula, visando o fortalecimento do debate no interior das escolas sobre a compreensão do mundo e suas modificações, reconhecendo assim, o homem como parte do universo e o principal interventor das transformações do meio em que vive.

Os convidados foram recebidos pelos alunos da turma de 1º período do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Maria Clara Machado, que apresentaram a dança “Uaina”, da etnia Kambeba.

A secretária da Semed, Kátia Schweickardt, participou do evento e falou da importância de incentivar os alunos no trabalho de pesquisas e de que forma a educação pode mudar a realidade do Brasil. “Não existe mistério, nós precisamos investir na educação, vimos que o índice de aprendizagem do Ensino Médio no Brasil despencou, nenhum Estado conseguiu alcançar a meta do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A Semed, mesmo com todas as dificuldades e desafios, cresceu e isso é mérito de uma equipe enorme que trabalha para uma educação de qualidade. Essa feira é prova disso. Daqui sairão futuros pesquisadores”, comentou Kátia.

A chefe da DDZ Sul, Jecicleide Nascimento, falou do empenho dos professores e alunos nos projetos desenvolvidos nas escolas e da necessidade em trabalhar o tema, mostrando a importância da pesquisa nos estudos. “Nós precisamos de mais pesquisadores no Brasil e a Semed incentiva os alunos nesse processo, todos os trabalhos que estão sendo apresentados são fruto do interesse deles, com o apoio dos professores”, disse Jecicleide.

Os alunos do 9º ano da Escola Municipal Vicente de Paula, apresentaram o projeto “Empreendedorismo:Artesanato Sustentável, uma Proposta de Renda”. Neste projeto, os envolvidos produziram peças artesanais sustentáveis para fins comerciais, utilizando materiais que seriam jogados no lixo, a fim de que pudessem ser reutilizados para produzir tintas para tecidos. “A gente joga tanta coisa no meio ambiente e nem imagina que aquilo de alguma forma poderia ser útil. Com essa pesquisa, eu reaproveito tudo, como a casca da cebola, que vira uma tinta de cor linda que pode pintar camisas e guardanapos”, explicou a aluna Kallyane Gonçalves, 14 anos.

Os projetos foram avaliados por seis professores, levando em consideração o conhecimento científico, coerência, exposição do trabalho, relevância social, interação do grupo e organização geral do stand. Márcia de Castro foi uma das avaliadoras. Para ela, os níveis das apresentações estavam bem elevados. “A gente observa que os alunos realmente pesquisaram sobre o assunto e colocaram em prática tudo o que eles pesquisaram. A Feira de Ciências é para isso, despertar no aluno o lado investigativo, o professor cria o problema e eles solucionam, vai ser difícil encontrar o vencedor”. Todas as unidades receberam troféus e certificados de participação.

 

Classificação das unidades para etapa Semed:

Educação Infantil

Unidade: CMEI Coração de Jesus

Projeto: Sustentabilidade e Geração de Renda

 

Educação Especial

Unidade: EMEF Tereza Rosa

Projeto: Plantas Medicinais da Região Norte: Da horta para escola

 

1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental

Unidade: Emef Poeta Carlos Drumond de Andrade

Projeto: Casca do ovo contribuindo para saúde bucal

 

6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental

Unidade: Emef Graziela Ribeiro

Projeto: Grazilene: repelente natural no combate as endemias da Amazônia

 

EJA 1º Segmento

Unidade: Emef Nazira Chama Daou

Projeto: Alimentação alternativa

 

EJA 2º Segmento

Unidade: Emef Nazira Chama Daou

Projeto: Produtos Biodegradáveis

 

Texto: Érica Marinho

Fotos: Lton Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054