23/07/13 | 16:19
Unidade móvel do PESC vai às escolas para promover aulas interativas

A unidade móvel do Programa de Ensino Sistematizado das Ciências (PESC) continua percorrendo as escolas da rede municipal para promover aulas interativas. Na manhã desta terça-feira,  23, a nova ferramenta pedagógica esteve na Escola Municipal Antonina Borges, no São José II, zona leste da cidade.  O estacionamento da unidade de ensino deu lugar ao ônibus do PESC e a uma estrutura com mesas, cadeiras e vários objetos para auxiliar o estudo de ciências. Desta vez, as crianças aprenderam sobre corpo humano, com microscópio, quebra-cabeças e jogos pedagógicos.

A aula do dia foi sobre sistema digestório e ministrada pela professora Betânia Correia, que trabalha exclusivamente com o PESC. Por meio de um programa de computador, os alunos conheceram todo o processo de alimentação, desde a ingestão dos alimentos e os órgãos que ele percorre até ir para o reto e ser descartado. A atenção dos estudantes foi o que mais chamou a atenção.

“A tecnologia educacional é algo novo para os alunos. Essa interação que o PESC proporciona retém a atenção deles e eles assimilam melhor o conteúdo. É diferente você explicar o conteúdo sobre sistema digestório somente falando e mostrando figuras, outra coisa é eles verem os órgãos e todo o processo que os alimentos percorrem”, disse a professora Betânia.

Thayane Rodrigues, 14, do 6º ano era umas das mais empolgadas com a aula. A cada explicação o olhar de surpresa que a menina fazia mostrava o quanto impressionada ela estava com o programa. “Isso é muito legal, estou impressionada. Assim fica muito fácil de aprender. É muito melhor do que a aula em sala de aula”, afirmou.

O sentimento foi compartilhado pelo aluno Gabriel Miranda, também do 6º ano. “Quem dera que todas as aulas fossem assim, com certeza eu não faltaria nunca”, falou.

PESC

O PESC, Programa de Ensino Sistematizado das Ciências, é utilizado no processo de ensino e aprendizagem das escolas do município. O objetivo é despertar o interesse dos alunos pelas disciplinas através da interação com o material pedagógico que é composto por mais de 500 itens, entre eles: lousas interativas, microscópios, jogos digitais e pedagógicos, esqueletos, mapas e kits de arte.

Ao todo, 135 escolas de ensino fundamental têm o laboratório do PESC instalado em suas dependências. A Unidade móvel está percorrendo as escolas que ainda não foram comtempladas, para que todos os alunos da rede municipal tenha acesso ao programa.

Segundo a representante da Divisão de Ensino Fundamental (DEF), Angélica Cordeiro, o ônibus percorre todos os dias uma escola diferente. “Estamos percorrendo as escolas que ainda não têm o laboratório do PESC. Essa semana estamos visitando as escolas da DDZ (Divisão Distrital Zonal) V e nosso objetivo é percorrer o maior numero possível de escolas até o final do ano”.