14/08/13 | 14:36
UNICEF e SEMED se unem em prol da educação de qualidade

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) dá um grande avanço rumo à qualidade na educação das crianças de Manaus ao firmar a parceria com o UNICEF. A organização internacional está presente em praticamente todo o território nacional, mas o UNICEF reconhece que as regiões Norte e Nordeste – especialmente no Semiárido e na Amazônia –, as periferias urbanas, as nações indígenas e as comunidades quilombolas são as que possuem os piores indicadores sociais no Brasil.

Assim, a secretaria une-se ao UNICEF com um objetivo: compromisso em oferecer educação de qualidade às crianças de Manaus, garantindo que as crianças aprendam, efetivamente, a ler, escrever e fazer as quatro operações até aos 7 anos de idade.

Este esforço visa atingir a qualidade da educação em todas as esferas da cidade de Manaus como bairros com vulnerabilidade social, comunidades ribeirinhas, rodoviárias e indígenas.

A ideia da secretaria, juntamente com UNICEF, não é implantar ou importar um modelo de proposta pedagógica, mas construir com os educadores locais uma proposta com a “cara de Manaus”. Para isso, o UNICEF está ajudando com experiências trazidas do semiárido brasileiro, com exemplos de sucesso ocorridos no Piauí, no Ceará e Tocantins.

O professor Rui Aguiar, consultor do UNICEF, foi o responsável pelo processo de criação, juntamente com os educadores de Sobral no Ceará, pelo programa Palavra de Criança que segue as diretrizes do Plano Nacional de Aprendizagem na Idade Certa (PNAIC) em regiões do semiárido, onde crianças até 7 anos já sabem ler e escrever.

“A ideia não é implantar nada, mas construir com a secretaria a proposta ideal em Manaus. O que vem é a nossa experiência, o que podemos fazer melhor e trazer o debate dentro da secretaria para construir uma parceria muito forte em torno do direito de aprendizagem”, afirmou o Professor Rui Aguiar.