13/04/12 | 17:55
Transformação na Educação

A Prefeitura de Manaus por intermédio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) está revolucionando a educação na cidade com a entrega dos livros didáticos da Editora Positivo. Com a entrega dos livros, 12 escolas da capital passam a utilizar o novo sistema de ensino de maneira integrada ofertando às crianças uma educação moderna e de qualidade.

Nesta quinta-feira (12), duas escolas da zona norte, com padrão de excelência na educação, receberam os kits da Positivo. Um dos sistemas de ensino mais modernos do Brasil que agora está sendo adotado nas escolas da rede municipal.

A Escola Municipal Santa Rita de Cássia, localizada no bairro Riacho Doce I, a partir deste mês também fará parte do grupo de escolas selecionadas que adotarão o novo sistema de ensino que faz parte de um projeto-piloto da secretaria. Mais de 410 alunos dos anos iniciais do ensino fundamental estão aguardando ansiosos pelos novos livros. Durante a solenidade de entrega dos materiais compareceram ao evento o titular da pasta, Dr. Mauro Lippi, o subsecretário Suames Maciel, a Chefe da DRE IV, Karina Pirangy, assessores, professores e pais de alunos.

Segundo a gestora, Simone Malveira, o material didático só veio para enriquecer mais o conhecimento dos alunos. “É um material muito bom e de qualidade que serão entregues às crianças da comunidade. O diferencial deste material em relação aos demais é que os conteúdos foram adaptados à nossa realidade, porque acredito que houve uma preocupação por parte dos coordenadores da Editora Positivo em selecionar conteúdos específicos da nossa região. O projeto só veio para somar e contamos com o apoio da família e da comunidade para atingirmos as nossas metas propostas”, enfatizou a gestora.

Quem garante que este material servirá muito na educação das crianças e que também está bastante ansiosa para dar início às atividades é a professora do 3º ano, Etyane Saif. “Este material vai contribuir na educação dos alunos e com ajuda deles teremos uma ferramenta a mais que irá nos auxiliar a conduzir uma boa aula e também ajudar na melhoria do IDEB. Os alunos poderão fazer os exercícios no próprio livro e se sentir como os verdadeiros donos desse material. Os antigos livros não se podiam riscar e nem ficar com eles por mais de um ano porque os mesmos tem que ser devolvidos à escola no final do ano, e agora a realidade é outra. O bom do projeto que a cada bimestre eles receberão novos livros e nós professores passaremos por capacitações atendendo às nossas expectativas visando melhorar o processo de ensino e aprendizagem. Esperamos que todos os alunos tenham um bom rendimento”, afirmou Saif.

No final do evento, a mãe do aluno Maurício Yan do 4º ano A, saiu de lá satisfeita com o material. “Fiquei surpresa em saber que pela primeira vez uma escola do município vem trabalhando com esses livros. Na escola particular que eu trabalho nós já utilizamos a metodologia de ensino do Positivo há 4 anos, e o conteúdo é unificado. Os livros adotam uma linguagem de fácil compreensão e isso facilita no entendimento dos alunos. Não temos dificuldade alguma porque o portal educativo nos auxilia na hora de tirar as dúvidas. Os pais dos alunos que tiverem internet em casa podem acessar e acompanhar a as atividades desenvolvidas pelos professores. Fico contente com essa iniciativa da Semed em se preocupar, de fato, pela melhoria na educação dos nossos filhos”, enfatizou Marta Viana.

Em seguida foi a vez da Escola Municipal Antísthenes de Oliveira Pinto, localizada no bairro Cidade de Deus, a ser agraciada com o projeto do sistema Positivo. Mais de 1040 alunos do ensino fundamental passarão a estudar pelo novo sistema que a secretaria passa a implantar este ano como projeto-piloto.

De acordo com a professora de língua portuguesa, Glaucira Gurjão, garante que este novo método de ensino só veio a somar. “Conheci o projeto em uma formação e nós professores saímos de lá muito contentes e ansiosos para aplicar essa nova metodologia de ensino. Nossos planejamentos ficarão mais flexíveis e atendendo às necessidades visando o aprendizado dos alunos. As aulas serão mais dinâmicas e interessantes privilegiando a todos os envolvidos neste processo. Tive a sorte porque irei trabalhar em duas escolas da secretaria que foram selecionadas com o projeto. O tradicionalismo agora ficará de lado e vamos avançar cada vez mais na educação”, comentou Glaucira.

Para o Secretário Mauro Lippi, a entrega dos Kits da Positivo é um desejo de toda sua equipe em querer oferecer uma educação moderna e de qualidade às escolas do município. “As escolas recebem agora um grande prêmio destinado ao ensino dos alunos. Tivemos que abrir mão de outros recursos – não mais importantes do que este -, para comprar livros que ajudarão tanto os alunos quanto aos professores. Transformar o futuro de uma cidade começa pela educação”, destacou o secretário Mauro Lippi.

 

SAIBA COMO FUNCIONA O SISTEMA APRENDE BRASIL

 

Manaus é a primeira capital do País a ter o conteúdo regionalizado. Os livros são organizados por especialistas de cada área que fizeram um estudo detalhado. Todos os conteúdos estão interligados às propostas pedagógicas da secretaria e esse é o grande diferencial do sistema que busca valorizar os aspectos regionais.

Para os alunos do município basta ter uma senha e um login que já vem no próprio livro e se cadastrar. O professor ministra as aulas e caso surja alguma dúvida por parte do aluno o mesmo poderá acessar o site e ter a orientação dos especialistas que estarão online, inclusive aos finais de semana. O portal é uma plataforma que interliga alunos, pais e professores. E, ainda, auxiliam no processo de ensino e aprendizagem se tornando um verdadeiro espaço de comunicação interativa onde todos poderão ter acesso.

O material didático será entregue aos alunos bimestralmente e os professores deverão passar por uma capacitação oferecida pelo “Sistema Aprende Brasil” em parceria com a Semed.

Já na segunda quinzena de maio, acontecerá mais uma formação dirigida aos professores de diferentes áreas de ensino como português, matemática, educação física, ciências, história, geografia e artes. Por fim, está previsto uma formação exclusivamente para os professores que irão trabalhar com informática educativa.