24/04/12 | 15:33
Telecentros: Tecnologia ao alcance de todos.

Na tarde da última sexta-feira, (20), a comunidade do bairro Alfredo Nascimento recebeu mais uma nova unidade do Telecentro. Acessar a internet, navegar nas redes sociais, participar de jogos educativos, ler os e-mails, basta se cadastrar em uma das escolas beneficiadas e participar das atividades oferecidas pelo Telecentro totalmente gratuito.

O Subsecretário de Gestão Educacional, Suames Maciel, realizou a entrega do 61º Telecentro à Escola Municipal Antísthenes Pinto. Mais de 1100 alunos, distribuídos nos três turnos poderão ter acesso à internet para realizar suas pesquisas e conhecer na prática o mundo virtual.

Segundo a Coordenadora do Telecentro, Mariléia Seixas, as atividades funcionarão no contra-turno escolar. “As atividades e cursos ministrados serão oferecidos aos alunos em um horário em que eles tenham mais tempo livres para realizar seus trabalhos e, ainda, poderão utilizar os computadores para realizar os exercícios do projeto Aprende Brasil que foi recém-inaugurado na escola”, afirmou a coordenadora.

O aluno do 8° ano, Felipe Manoel, comentou que o projeto veio para ajudar toda a comunidade escolar. “Agora vamos usar a internet em vários aspectos visando o nosso aprendizado. Por enquanto vejo que são poucos computadores, mas o importante que o primeiro passo foi dado. Vamos estudar porque essa sim é a nossa meta”, afirmou o aluno.

Durante a solenidade de entrega dos Telecentros, o Subsecretário Suames Maciel falou da importância desta nova ferramenta nas escolas da capital. “Vocês estão tendo grandes oportunidades que os pais de vocês não tiveram no passado. Estamos passando por um grande momento de transformação na educação com o apoio e colaboração da Prefeitura de Manaus . Quem tiver um smartphone, tablete, notebook poderá acessar a internet, navegar nas redes sociais e conhecer o mundo sem correr o risco de se expor a violência que tanto assola nossa cidade. Uma ferramenta a mais que os professores de vocês irão adotar visando uma melhor qualidade”, enfatizou Maciel.

Em seguida foi a vez da Escola Municipal São Benedito, localizada no bairro Cidade de Deus, zona Leste da Capital a receber a 62ª unidade. Quem sai ganhando são os alunos, pais e comunitários que a partir de agora não precisão mais se deslocar até as lah houses de outras comunidades.

O professor Sebastião Padilha confessou que está ansioso para dar início às atividades. “Vejo este projeto de suma importância na escola, pois contribuirá efetivamente na formação dos alunos e evitando que os mesmos tenham acesso ao mundo das drogas ou algo do tipo. No mês de maio os alunos e comunitários cadastrados terão acesso aos espaços digitais”, afirma.

Segundo a gestora, Adriana Dias, este espaço é uma vitória de todos envolvidos no processo de ensino e aprendizagem. “Para nós é uma grande conquista que há anos lutamos por isso. Nós conseguimos implantar nas escolas os Telecentros e devemos preservar. Cabe agora à comunidade e aos alunos esta responsabilidade. Creio que com o advento desta ferramenta alcançaremos o sucesso educacional e profissional. Devemos envolver cada vez mais os pais dentro da nossa comunidade porque sem ajuda deles será muito difícil conduzir este processo. Precisamos de novos parceiros que acreditem na educação”, enfatizou a gestora.

“Estou muito feliz com o Telecentro porque todo mundo que vem até aqui, agora, irá navegar e aprender por meio da internet. Não vou mais ter que me deslocar e pagar para imprimir pelos meus trabalhos, pois aqui farei tudo com o auxílio do meu coordenador e dos outros professores”, comentou a aluna Evelyn Mendes do 7º ano C.