Secretaria Municipal de Educação
Acessibilidade    Fale Conosco    Mapa do Site
Manaus, 28 de novembro de 2020
-->
25/03/19 | 17:03
Técnicos do INPA visitam escola municipal para orientação sobre Circuito da Ciência

Com objetivo de preparar os alunos da rede municipal sobre as atividades socioambientais com oficinas educativas e exposições, a Prefeitura de Manaus, em parceria com o Instituto de Pesquisas da Amazônia (INPA), iniciou nesta segunda-feira, 25/3, o Projeto Circuito na Ciência. Técnicos do INPA realizaram uma visita à Escola Municipal Deputado Ulisses Guimarães, zona Norte de Manaus, para passar orientações sobre o projeto.

O Circuito da Ciência é um projeto de sensibilização ambiental e de popularização da ciência do INPA, que alia lazer e conhecimento científico. No total, serão realizadas dez edições do projeto durante o ano, com a participação de 20 unidades de ensino de todas as zonas geográficas da cidade, sendo duas unidades de ensino por edição, beneficiando cerca de 900 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

O circuito procura transformar as visitas dos estudantes em uma “aula” participativa e dinâmica. As edições ocorrem sempre nas manhãs da última sexta-feira de cada mês.

O instrutor educacional da Gerência de Tecnologia Educacional (GTE) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Rosivaldo Moreira, disse que todas as atividades são pensadas no lado pedagógico, ou seja, em algo que o professor possa utilizar em sala de aula. Ele disse que nesse sentido, as escolas são convidadas a participar do projeto.

“Ao chegar ao local, o aluno vai se deparar com várias atividades que o INPA oferece dentro da área de ciências e em diversas outras áreas, em que o aluno vai aprender mais e trazer mais coisas para o cotidiano dele”, comentou.

De acordo com a educadora ambiental do INPA, Fernanda Bandeira, que participou da visita da orientação técnica com os alunos, é importante que todos saibam o que vão encontrar, pois as visitas iniciam na sexta-feira, 29/3, no Bosque da Ciência, bairro de Petrópolis.

“Os alunos vão passar por vários atrativos do Bosque da Ciência e vão receber informações sobre esses atrativos, além de oficinas sobre informações do conteúdo abordado em cada oficina. Os alunos podem atuar como multiplicadores do conhecimento que eles adquiriram durante a visita”, comentou.

Projeto
De acordo com o diretor da escola Ulisses Guimarães, Carlos André da Silva, 50 alunos do 6º ao 9º ano vão participar da visita, mas todos escolhidos por critérios rigorosos.

“Os alunos vão conhecer um pouco mais da biodiversidade. A visita do técnico é uma previa do que os alunos vão encontrar dentro do Bosque da Ciência. Essa é uma atividade e uma aula, mas não dentro de uma sala, mas sim em um ambiente na qual estão vivenciando tudo que tem nos livros com os professores”, comentou.

O aluno do 9º ano matutino, Rafael Feitosa do Nascimento, 14, é um dos que assistiu com atenção a visita técnica. Para ele, é importante conhecer com antecedência sobre o projeto, pois vive cercado pela floresta amazônica.

“Aprendi que a questão ambiental deve ser valorizada ainda mais em nosso convívio do dia a dia. Nós vivemos em uma região muito ligada à floresta, por isso, temos que saber no geral sobre o que vamos encontrar em nossa visita no Bosque”, citou.

Texto: Paulo Rogério / Semed
Fotos: Cleomir Santos / Semed

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054