16/12/11 | 17:36
TEATRO E DANÇA

O Centro Municipal de Arte-Educação Nelson Neto, localizado no bairro de São José IV, promoveu no início de dezembro, no auditório do Teatro da Instalação – Centro, o espetáculo “Casa de Brinquedos” das coreógrafas e bailarinas Marielva Monteiro e Mara Pacheco. Foi uma noite inesquecível para os 21 bailarinos que fazem parte da companhia de dança desde 2005. Emílias, fadas, palhaços, bruxas, soldadinhos de chumbo entre outros personagens abrilhantaram o espetáculo que reuniu mais de 100 pessoas na plateia. Para a dona de casa, Maria das Graças, acredita que as crianças aprendem muito com a arte. “Tenho duas netas que adoram dançar, Bruna e Brizi, ambas participam diretamente das atividades promovidas pelo centro cultural, mas preferem dançar a ficar em casa. Sempre que posso acompanho as duas netas nos festivais e elas têm total apoio dos familiares para continuar a dançar”, afirma.

Segundo a diretora do CMAE Nelson Neto, Fabíola Santos, o espetáculo foi um sucesso, a participação dos pais foi em massa. “Apesar de todas as dificuldades o trabalho foi excelente e superou todas as nossas expectativas. No centro temos uma equipe bastante unida bem como professores, equipe técnica e administrativa, serviços gerais, todos estão envolvidos neste processo, mas não podemos deixar de mencionar o apoio incondicional das mães, porque sem elas as crianças não teriam as vestimentas adequadas para participar do espetáculo. Todos aqui fazem parte de uma verdadeira família e esse é o nosso objetivo maior, integrar escola e comunidade por meio de ações artística e cultural”, afirma a gestora.

O espetáculo contou ainda com a participação da Cia de Dança Adágio, da professora Reseni Muniz, com a apresentação de mais de 20 bailarinos da Comunidade Cidade de Deus, zona leste. As bailarinas mostraram todo o seu talento e técnica. O estilo clássico e neoclássico, moderno e contemporâneo e jazz foram apresentados pelas alunas no palco. Muitas piruetas, saltos, pliés e ponta do pé empolgaram o público presente, principalmente as pequenas bailarinas que foram aplaudidas de pé pelos pais.

NASCE UMA ESTRELA

Para o bailarino do CMAE Nelson Neto, Richardson Freitas, 13, as aulas de balé foram importantes para sua formação. “Participo há mais de 3 anos na Cia de Dança, e tudo aconteceu por acaso. Fiquei doente e precisa fazer algum tipo de atividade física. Logo no começo foi mais difícil, mas agora eu tenho apoio da minha mãe que me ajuda muito. Sinto muito emoção ao entrar no palco, e poder ajudar meu grupo nos festivais de dança que acontecem aqui na cidade. Quando crescer eu quero ser um bailarino profissional e ensinar as outras crianças”, comenta.