15/09/15 | 17:09
Servidores da Semed doam sangue na sede da instituição para aumentar estoque do Hemoam

Servidores da Semed doam sangue na sede da instituição Rodemarques Abreu SEMEDCiente da importância do ato de doar sangue, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) estimulou os servidores da sede administrativa, localizada no bairro Parque Dez, zona Centro-Sul, a doar sangue, na manhã desta terça-feira, 15. A unidade móvel de coleta da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) esteve no local e atendeu aproximadamente 60 pessoas. Cada bolsa de 450 ml de sangue doado pode salvar a vida de até quatro pessoas. O procedimento dura pouco mais de dez minutos.

Antes da coleta, os interessados passaram por uma triagem. Os doadores precisavam ter mais de 16 anos, pesar mais de 50 quilos, não estar sob o efeito de medicação, ter se alimentado bem e não ter ingerido bebida alcoólica no dia anterior.

Servidores da Semed doam sangue na sede da instituição Rodemarques Abreu SEMEDAlém dos funcionários da secretaria, a doação foi aberta ao público. A comerciante Priscila de Magalhães, 34, ouviu na rádio a convocação e deixou o trabalho, pela manhã, para participar da campanha.

“É a primeira vez que eu estou doando sangue. Eu acho importante essa solidariedade com o próximo e resolvi doar. Eu ouvi na rádio, onde sempre escuto as notícias, e tive a atitude de vir. Acho que muitas pessoas deveriam ter esse gesto”, disse.

Já a assistente social da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Centro-Sul, Sandra Leite, é doadora assídua e contou que dar o seu sangue pela vida de alguém que precisa é uma atitude de amor.

“Eu já tenho o hábito de doar sangue e acredito que é um ato de solidariedade e de amor ao próximo, uma vez que uma bolsa de sangue é capaz de salvar quatro vidas. Se não for por meio da doação não tem como conseguir sangue e, por isso, é importante”, afirmou.

Campanha

Servidores da Semed doam sangue na sede da instituição Rodemarques Abreu SEMEDDe acordo com a chefe da Gerência de Desenvolvimento do Servidor, Lúcia Regina Silva, mais de 40 bolsas de sangue foram coletadas com a ação para abastecer o estoque do Hemoam.

Para ela, a educação tem a obrigação de estimular a solidariedade entre as pessoas. “Essa parceria já acontece há muitos anos. Nós precisamos realmente participar, nos engajar para que possamos ser solidários com os pacientes que precisam dessas bolsas de sangue. Precisamos exercer nosso gesto de cidadania”, observou.

A subgerente de coleta externa do Hemoam, Heleonora Araújo, explicou que o órgão tem uma demanda muito grande, uma vez que abastece todos os hospitais da rede pública e privada em Manaus e nos interiores. Ela disse, ainda, que como o Hemoam só possui dois postos de coleta na capital, a parceria com instituições pública e privada é importante para captar mais doadores.

“Temos uma demanda que precisa ser atendida e são ações como essa que nos ajudam. Tenho 19 anos do Hemom e sempre estivemos aqui na Semed. Essa iniciativa é excelente, pedimos a outras secretarias que também nos apoiem”, ressaltou, destacando que doar sangue é se colocar no lugar do outro.

“Você só sabe a importância da doação de sangue quando você tem um parente, amigo, familiar ou alguém que você ama dependendo de um braço que se estenda para continuar a viver. Faço um apelo às pessoas que compareçam a Fundação Hemoam ou no posto de coleta na maternidade Ana Braga, na Zona Leste, para doar sangue. Muitos têm o perfil de doador, mas não doam”, concluiu.

Texto: Thiago Botelho

Foto: Rodemarques Abreu

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054