09/11/17 | 15:02
Semed vai participar de ‘Semana Nacional da Justiça Pela Paz em Casa’ promovida pelo Tribunal de Justiça do Amazonas

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) definiu sua participação na 9ª edição da ‘Semana Nacional da Justiça Pela Paz em Casa’, promovida pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), que acontecerá de 21 à 24 de novembro. Na manhã desta quinta-feira, 09/11, na sede da secretaria, a subsecretária de Gestão Educacional, Ezeni Trajano, recebeu a desembargadora Carla Reis, para tratar da campanha, que tem como objetivo promover ações focadas no combate à violência doméstica, ampliando a efetividade da Lei Maria da Penha (Lei n. 11.340/2006).

Durante a reunião, ficou decidida a criação de um grupo de trabalho dentro da secretaria para trabalhar o tema nas unidades de ensino da rede municipal.  A Escola Municipal Aristophanes Bezerra de Castro, vencedora do 1º Concurso de Redação da Secretaria Municipal da Mulher Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), em agosto deste ano, cuja temática era “Violência contra a mulher”, será uma das unidades que participarão ativamente da semana.

A subsecretária Euzeni Trajano destacou que as questões de violência contra a mulher e violência de gênero já são assuntos tratados dentro das escolas da rede. “A Semed já trabalha no seu currículo essas questões e a visita do Tribunal de Justiça, com a presença da desembargadora Carla Reis, enriquece as ações que a gente já vem desenvolvendo. Vamos criar uma rede para fortalecer as ações de combate à violência contra a mulher e a Semed abraça essa causa, porque sabemos que educação é o que muda a sociedade e precisamos trabalhar esse assunto com nossas crianças e nossos adultos”.

A desembargadora Carla Reis ressaltou a importância dessas parcerias que o TJAM está firmando. Segundo ela, a ideia é reunir órgãos como a Semed, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e Semmasdh para conseguir ampliar a rede de proteção às vítimas de violência.

“A importância é justamente quebrar essa cultura de violência contra a mulher que nós sabemos que tem fundo cultural, social e econômico e o poder judiciário, dentro dos seus limites, dentro da Lei Maria da Penha, está tentando tirar o amazonas desse ranking inglório. Com ajuda dessa rede de proteção, através da educação, das secretarias, vamos levar informação para o maior número de pessoas”.

Ela também falou sobre as atividades que serão desenvolvidas durante a ‘Semana Nacional da Justiça Pela Paz em Casa’, com a realização de um grande mutirão, que contará com cinco juízes em cada um dos dois juizados especiais existentes em Manaus, promotores de Justiça, defensores públicos, para atender o público em audiências de 8h às 18h. Serão oferecidas ainda ações do projeto “Maria vai à escola” e atendimento de equipe multidisciplinar, com assistentes sociais e psicólogos dos juizados, que vão orientar as pessoas que procurarem atendimento sobre vários aspectos.

 

Texto: Alexandre Abreu

Fotos: Taianna Castro

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054