15/07/11 | 15:07
Semed reinaugura uma nova escola no Santa Etevelvina

Quinhentas crianças de 4 e 5 anos foram beneficiadas com a reforma e ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Heliodoro Balbi, bairro Santa Etelvina, zona Norte, reinaugurada nesta quinta-feira (14), com a presença do Secretário Municipal de Educação (Semed), Mauro Lippi, além de professores, gestores, pais e a comunidade em geral.

A unidade educacional ficou sete meses em obras para atender melhor e com mais comodidade a comunidade escolar. A escola funcionava antes na modalidade de Ensino Fundamental e Educação Infantil e atualmente o fundamental foi locado para a Escola Municipal Santa Barbara Cordeiro, também no bairro Santa Etelvina.

A nova estrutura da escola conta agora com diretoria, sala dos professores, videoteca, laboratório de informática e todas as salas são climatizadas. Há, ainda, uma sala para coordenadoria pedagógica, secretaria, 10 salas de aula, cozinha, dispensa, depósito para material de limpeza e didático e sala de leitura, playground, escovódromo e ludoteca.

É a primeira reforma que a escola passou desde sua criação, em 2006, em terreno  que pertence à Arquidiocese de Manaus, na Paróquia de Santa Etelvina. Os alunos não foram prejudicados com as obras na escola, pois conforme a lei a Educação Infantil não precisa cumprir os 200 dias letivos e 800 horas anuais.

“Esse é o benefício que está sendo levada aos bairros a necessidade de reconstruir novas escolas para atender a demanda das crianças que estavam estudando em ambientes inapropriados. O Prefeito Amazonino Mendes, com esse projeto de revitalização de toda rede escolar, conseguiu colocar, com essa reinauguração, o número de 230 escolas que estão no pacote de ampliações, reformas e reconstruções”, ressaltou o Secretário da Semed, Mauro Lippi.


Segundo a diretora da escola, Elissandra de Andrade Silva, a nova unidade é o resultado de um esforço de todos que esperavam um novo ambiente e principalmente um local com novos recursos que vão ajudar no ensino aprendizagem. “As mudanças na estrutura física foram muitas e pra melhor. Nós conseguimos com o apoio da Arquidiocese de Manaus e da Prefeitura esse novo local, cujos professores e pais estão satisfeitos pela nossa escola”, contou.

O Presidente do Conselho Interativo Comunitário de Segurança do Bairro Santa Etelvina, Joy Luiz Gerlnig, 46, pai do aluno Luan Cristian Magalhães, 5, ficou feliz ao ver a presença dos pais e principalmente a nova escola para atender a comunidade escolar no prosseguimento do ano letivo. “Foi uma conquista para a própria comunidade como um todo, porque as nossas crianças não tinham um espaço desses com opções de lazer e com estrutura de um aprendizado melhor”, salientou.