19/07/11 | 15:51
Semed reestrutura setor de tecnologia

Para ampliar as ações de tecnologia na Secretaria Municipal de Educação (Semed) a gestão atual reestruturou a Divisão de Gestão de Tecnologia de Informação (DGTI). Na manhã dessa segunda-feira, (18), a solenidade de apresentação da reestruturação contou com a presença do Secretário Municipal de Educação, Mauro Lippi, Subsecretários Municipais, chefes das divisões, gerentes, além de servidores do setor. O setor recebeu um novo layout, pintura, rede elétrica, rede lógica e monitoramento (segurança).

O Secretário Municipal de Educação, Mauro Lippi, ressaltou que a área tecnológica na Rede Municipal é estratégica, pois as informações são imediatas.

“A Secretaria Municipal de Educação depende desse up grade tecnológico, pois, as informações são imediatas e, portanto precisam de rapidez e eficiência nos processos. Esse momento traduz esse avanço e o mesmo depende do esforço de cada um que faz parte do setor”, destacou o Secretário.

Na apresentação da proposta de reestruturação do setor, a Chefe da DGTI, Rosalina Lobo, destacou que dentre as ações ressaltam o Desenvolvimento de Sistemas, Geoprocessamento, Apoio a Usuários, Suporte e Manutenção em campo e balcão, Redes: Infraestrutura e Administração, Comunicação de Dados e Voz.

“As nossas ações são aliadas da proposta de trabalho da Secretaria Municipal de Tecnologia (Semtec) que segue a política da Prefeitura de Manaus e um dos nossos objetivos é a ampliação dos telefones e internet em todas as escolas do município”, disse Lobo.

 

Sistemas que ajudam e auxiliam no cotidiano da secretaria já foram desenvolvidos pela equipe do DGTI como: Sistema para FEM/produtividade, Contratos e Convênios, Gerenciamento da Estatística (Odisséia), Customização da Folha de Pagamento (em parceria com a PRODAM), SIGEAM ( que já está presente em 50 escolas), Ampliação da internet na Sede/GTE, e Sistema de Controle de Eventos/Cerimonial.

A Divisão dá o suporte nas áreas de Apoio administrativo (Matrículas -SIGEAM, Educacenso), Informática Educativa ( UCA, PROINFO, PROJOVEM, Mesas Educacionais e Apoio às Ações do GTE), Ferramentas Tecnológicas ( Ponte Digital, EAD Semed, Simulados, Municipiadas, Infraestrutura, Dados e Voz).

Dentre os desafios destacam-se promover a inclusão digital de professores e alunos, tecnologia para Educação Infantil, salas de recursos de Educação Especial, Internet Rural e Urbana e 219 Telecentros de inclusão digital.