29/05/13 | 17:53
Semed realiza Posse do Conselho de Alimentação Escola – CAE Manaus

O secretário municipal de educação Pauderney Avelino deu posse ao conselho de alimentação escolar – CAE Manaus nesta quarta, 29, em seu gabinete na sede da Semed. Estiveram presentes a cerimônia, o subsecretário de educação Deusamir Pereira, o vereador Elias Emanuel, as vereadoras Therezinha Ruiz e Jacqueline.

O conselho é formado por 7 representantes das instituições ( sindicato dos trabalhadores em educação, Associação de pais e mestres, poder executivo e sociedade civil). Eleito para o quadriênio 2013/17 tem por objetivo fiscalizar e assessorar o Programa Nacional de Alimentação Escolar. Para isso o CAE dispõe de 3 salas na Divisão de Desenvolvimento dos Profissionais do Magistério – DDPM, totalmente estruturadas com equipamentos de informática e transporte, necessários para a realização das visitas de monitoramento nas escolas.

Arrojo e ousadia são as palavras que definem a criação do programa de merenda escolar. “Em apenas 60 dias de gestão nós conseguimos implementar esse programa. Vocês (conselho)  aprovaram o projeto base para submeter a licitação. Essa parceria é muito importante para nos ajudar, não só fiscalizando, mais apoiando para que as ações possam ser de melhorias, principalmente na qualidade de ensino e resultado no IDEB”. Disse Pauderney Avelino.

A presidente do conselho Maria das Dores disse “estamos torcendo para que esse programa der certo, já estamos vendo resultados positivos. Pode contar com nossa parceria, é gratificante ver o sorriso das crianças por estarem bem alimentadas”.

Sobre o programa

O Programa Alimentar está melhorando a alimentação e o aprendizado das crianças da rede municipal de ensino, e também ajudando a fomentar a economia da produção rural. São 41 municípios beneficiados por essa ação. Ainda como ação do programa foi lançado edital de chamada pública onde será efetivada a continuidade e ampliação do convênio, que passará para o montante de R$ 11 milhões em produtos alimentícios oriundos da agricultura familiar rural e objetiva a licitação de grupos Formais de Agricultores e Empreendedores Familiares Rurais ou suas organizações interessadas em fornecer gêneros alimentícios destinados ao atendimento da clientela beneficiária do Programa Nacional de Alimentação Escolar.