01/04/14 | 17:48
Semed realiza palestra sobre transparência com gastos públicos nas escolas

Gestores e professores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), além de pais de alunos e membros dos conselhos escolares, receberam informações sobre o que deve ser feito e como utilizar de maneira correta o recurso público, nesta terça-feira, 1º. Transparências na Gestão de Verbas Públicas foi o tema da palestra realizada na sede da Prefeitura de Manaus, na Compensa, zona Oeste.

O responsável por comandar o diálogo com os participantes foi José Raimundo Maquiné Júnior, que é analista de controle externo do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). Ele destacou a transparência que as escolas e órgãos públicos devem ter com a população.

“Tem que ser trabalhado o controle social, saber o que pode acontecer se a verba não for aplicada adequadamente. Além disso, tem que haver transparência nos repasses das verbas, tem que ter conscientização de como o dinheiro público deve ser gerido. Outro ponto importante é que qualquer pessoa pode denunciar o mal uso do recurso publico, pode recorrer ao Tribunal de Contas da União (TCU) em caso de irregularidades ou ilegalidades”, relatou o palestrante.

Gestor da escola Irmã Serafina Cinque, José Francisco, ressaltou a importância do conselho sobre direcionamento das verbas públicas. “É importante mostrar essas diretrizes que se deve tomar, pois nem todos têm o conhecimento necessário do que deve ser feito quando há uma verba para investir numa escola, por exemplo. A escola que eu trabalho é uma escola pequena, não possuímos grandes recursos, mas o que recebemos é bem aplicado, bem distribuído, porque buscamos exemplos de outras escolas que fazem um bom trabalho com pouco recurso”, destacou.

Membro do Conselho Escolar, Maria Cristina Mendes Barbosa de Souza, que tem oito filhos, disse ter experiência de convivência com várias escolas e considera importante que os pais participem deste tipo de palestras para que não deixem de cobrar a escolas onde os filhos estudam.

“Todos precisam ter essa noção de transparência, uma palestra como essa é maravilhosa, pois quando somos leigos não sabemos de tudo o que se passa na escola, de onde é investido o dinheiro que é repassado. Participando nós podemos levar esse conhecimento para o restante da comunidade. Tenho oito filhos, sendo um deles com necessidades especiais, e tenho o direito e cobro esse direito de acompanhar o que é feito com o recurso público”, destacou.

Depois da palestra foi aberto espaço para os participantes tirarem dúvidas com o analista de controle externo.

Texto: João Pedro Figueiredo

Fotos: Rodemarques Abreu

Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação (Semed): 3632-2054