27/09/13 | 14:03
Semed realiza lançamento do Guia Adolescentes: Mudanças, Desafios e Descobertas

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), lançou na manhã desta sexta-feira, 27, o Guia do Adolescente: Mudanças, Desafios e Descobertas, que vai oferecer aos professores das escolas municipais uma ferramenta para a abordagem da sexualidade, auxiliando-os no reconhecimento de limites e na ampliação de reflexões e tomadas de decisões. A proposta vem ao encontro de uma demanda real que evidencia a complexidade da questão e as dificuldades encontradas pelo educador para tratar da mesma.

O guia é o resultado do trabalho da Divisão de Ensino Fundamental (DEF) e da Assessoria de Adversidade Sexual e Ciência, da Semed. O manual atenderá 22.974 alunos do 8º e 9º ano do ensino fundamental da rede municipal de ensino de todas as zonas geográficas da cidade.

A Semed vai levar os formadores de educação sexual da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), aos professores, pedagogos e assessores das Divisões Distritais de todas as zonas da cidade da Secretaria.

Segundo a assessora de ciências da Semed e uma das idealizadoras do guia adolescentes, Angélica Cordeiro, a comunidade escolar ganhará mais uma ferramenta pedagógica de um tema que merece uma atenção especial por todos os educadores envolvidos do município.

“Percebemos que os professores têm dificuldade de tratar sobre esse tema que é tão relevante da questão da sexualidade. Devido as dificuldades de ter essas ferramentas, nós pensamos na criação desse livro, até porque a questão da diversidade sexual está aflorando nos adolescentes. Esse público precisa conhecer que esse tema seja tratado no cotidiano de forma natural e não seja só um momento de discussão e sim um momento rotineiro na escola”, disse, Angélica, revelando que as formações com os educadores será importante para o manuseio do guia.

“As formações irão atender o corpo docente da escola, que será preparado para tratar sobre esse assunto e posteriormente chegar até os alunos”, afirmou.