04/11/15 | 9:45
Semed realiza 1º Sarau da Consciência Negra

IMG_2671Para dá inicio a mês de programação voltado a Consciência Negra, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou durante toda esta terça-feira, 3 no auditório do órgão, um grande sarau para divulgar e apresentar a cultura afro-brasileira aos seus servidores. Apresentações culturais e exposições no hall da secretaria fizeram parte da ação. Durante à tarde, houve declamação de poesias, contação de história, coreografias, apresentação a temática afro.

O evento tem a finalidade de divulgar a cultura africana e contribuir para uma reflexão sobre o sentido do termo Consciência Negra. Segundo a assessora de Diversidade da Divisão de Ensino Fundamental(DEF) da Semed, Lídia Helena, o evento deu inicio as atividades relacionadas ao dia da Consciência Negra na Semed. Ainda de acordo com a assessora, durante todo o mês de novembro a secretaria, por meio de suas unidades de ensino, trabalhará a temática com atividades no espaço escolar e em outros ambientes fora das escolas.

IMG_2630“Este sarau tem o intuito de dá visibilidade e mostrar a importância que a cultura africana traz em sua essência. Além disso, o evento marca a abertura do mês da consciência negra na semed. Daqui em diante promoveremos uma série de ações e atividades fora e dentro de nossas unidades educacionais, com objetivo de trabalhar a temática africana de forma mais abrangente, envolvendo alunos, professores, gestores e demais atores no processo de aprendizagem da rede municipal de ensino”, explicou.

Em todos os corredores e setores da Semed, estão espalhados elementos da cultura africana, como cartazes, objetos e frases alusivas ao tema. Sobre a iniciativa de fazer o primeiro sarau aos servidores lotados na sede, a chefa da Divisão de Ensino Fundamental (DEF), Lucila Bonila, destacou como positiva.

IMG_2613“Achei bem interessante a proposta desde sarau, porque foi pensando em forma criativa para chamar atenção dos nossos servidores. Notei, por exemplo, que foi espalhado nos corredores e demais espaços da secretaria a presença de diversos elementos da consciência negra”, mencionou.

Ainda durante o período da tarde, aconteceu o desfile de turbantes típicos da cultura africana com os servidores que estavam prestigiando o sarau. Beleza e exuberância marcaram o momento. Uma das servidoras que desfilou com a indumentária africana foi a chefa da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM), Núbia Breves. Ela enfatizou o que identificou sobre a proposta do sarau.

“Vejo este evento como um grande momento de discussão e de valorização da cultura afro. Acredito também que é uma grande oportunidade para trabalharmos a diversidade cultural, o respeito ao outro, o respeito a cultura afro, a cor negra e acreditado, ainda, que precisamos intensificar as ações como estas não só neste período, mas em todo o ano, pois são extremante relevantes para mudarmos a consciência e atitude de algumas pessoas, sobre a cultura africana”, disse.

Para fechar o evento foi realizado uma roda de capoeira.

Texto: Emerson Felipe
Foto: Deilson Lima

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054