18/04/13 | 18:01
Semed promove programação voltada à literatura Nacional

A Atividade está sendo articulada pelas próprias Unidades Educacionais e acontecerá em todo o mês de abril

No dia 18 de abril é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil em homenagem ao escritor Monteiro Lobato, que nasceu nessa data e trouxe destaque para a literatura infanto-juvenil no país. Nesta data, a Secretaria Municipal de educação (Semed) realizou por meio das 492 unidades Educacionais uma programação voltada à literatura nacional, trabalhando com os principais autores.

O Centro Municipal de Ensino Infantil – CMEI Escritor José Bento Monteiro Lobato, localizado no bairro Novo Israel, zona norte da cidade, prestigiou o autor que leva o nome da escola com a dramatização do livro ‘Sitio do Pica Pau Amarelo’, encenada por professores, e pedagogos da escola. A atividade contou com a participação de 334 alunos do turno matutino e vespertino.

A gestora, Selma de Oliveira, comentou que a ação foi o inicio de um trabalho que será realizado no ano inteiro. Hoje, estamos realizando a abertura do Projeto “Contando e Cantando”. “A nossa ideia é trabalhar com as obras marcantes de escritores nacionais em sala de aula no decorrer do ano letivo. A meta, com isso, é fazer com que os alunos conheçam os escritores, suas obras e a importância de seus trabalhos”, explicou Selma.

Este dia foi importante para a aluna Agatha Silva, 2º período. “Adorei este dia, e o que foi feito na escola, espero que tenha outras vezes” disse ela.

Seguindo a programação o CMEI Profª Maria Raimunda, localizado na Com. Santa Maria, bairro Novo Israel, zona norte de Manaus, promoveu a III Feira do Livro em comemoração ao dia. A escola realizou apresentações de peças teatrais, leitura de poemas e canções utilizando a literatura de Vinícius de Morais como tema principal.

A diretora da escola, Vânia Lima, afirma que essas atividades são importantes para criar um hábito de leitura com as crianças desde cedo. Além disso, o projeto contou com doações de livros e brinquedos da comunidade escolar.

“A participação dos pais é fundamental para que essas atividades, feitas na escola, continuem sendo realizadas em casa”, afirmou Vânia . Rosangela Santos, mãe de aluno da escola, comentou que poucos pais participam de eventos como este. “A tarefa de estimular o hábito da leitura não deve ficar restrita à escola, mas também ser estimulada em casa”, afirmou a Rosângela.

A programação está sendo articulada pelas próprias Unidades Educacionais e acontecerá em todo o mês de abril.