31/08/16 | 12:01
Semed promove o 2º Colóquio da Educação de Jovens e Adultos

Palestras e discussões sobre as novas metodologias destinadas para o ensino noturno marcaram o 2º Colóquio da Educação de Jovens e Adultos, realizado nesta terça feira, 30, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério, da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O evento, que contou com a presença de professores e pedagogos de 83 escolas municipais, teve como tema: O pedagogo como aliado dos professores nos processos formativos e na transformação da sala de aula.

“O colóquio é um espaço de reflexão e discussão, de troca de experiência e de absorção de conhecimento. E a ideia deste ano é fortalecer o trabalho dos pedagogos e, consequentemente, oferecer subsídios que contribuam em mudanças efetivas, não só na questão do abandono, que ainda é um gargalo no ensino noturno, mas, sobretudo, na qualidade da”, explicou a subsecretária de Gestão Escolar, Euzeni Trajano.

Segundo o chefe da Gerência de Ensino de Jovens e Adultos (Geja) da Semed, Weyder Bindá, durante o evento, que este ano foi destinado exclusivamente aos pedagogos, os educadores tiveram a oportunidade de fazer análises sobre o cenário atual do ensino noturno, de conhecer  novas estratégias e ferramentas de aprendizagem.

“Quando a Geja propõe o colóquio ela quer definir claramente um espaço de dialogo. E neste ano, especificamente, queremos chamar a atenção dos pedagogos para eles reavaliarem o seu principal papel nas escolas” , destacou.

Colóquio

O evento foi dividido em momentos de debates  e palestras. Durante a atividade, quatro especialistas de diferentes áreas de conhecimento abordaram assuntos voltados à temática. Depois de cada abordagem, foi aberto o espaço para que os participantes tirassem suas dúvidas e fizessem contribuições dentro de cada assunto elencado.

Umas das palestrantes da noite foi a professora Doutora, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Valéria Amed.  Em sua explanação ela apresentou as reais atribuições dos pedagogos, de que forma estes profissionais podem auxiliar o trabalho dos professores, tornando as aulas e o ambiente escolar no período da noite mais atrativos.

Sobre a iniciativa a especialista destacou-a com algo fundamental para o aprofundamento do conhecimento dos educadores da rede municipal de ensino. Ela ainda ressaltou que momentos de formação são essências para os educadores tomarem posse de teorias e estratégias e driblar as dificuldades da modalidade de ensino.

“É uma iniciativa fundamental para estes profissionais, pois o ensino noturno é uma modalidade cheia peculiaridades, que deve ser vista com olhar diferente, ter estratégias inovadoras e ter por profissionais cada vez mais capacitados e motivados para enfrentar as dificuldades típicas desde tipo de ensino”, salientou a palestrante.

O colóquio deste ano envolveu pedagogos de todas as Divisões Distritais Zonais (DDZs) da Sermed. Alda Araújo, pedagoga da Escola Municipal Antônia Medeiros, que participou do evento pela primeira vez, disse que a atividade vai dar suporte no seu trabalho e vai ajuda-la a tomar medidas mais eficazes na escola que atua.

“A partir de agora é fazer uma análise de tudo que ouvi e por em prática o que aprendi com os professores da minha escola. Mas o que posso antecipar, é que com esta capacitação teremos mais condições para enfrentar as dificuldades típicas do ensino noturno”, disse.

 

Texto: Emerson Felipe / Semed

Fotos: Cleomir Santos / Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054