01/10/12 | 15:16
Semed promove Leitura na Praça no Parque dos Bilhares

Escritores locais, fadas, princesas e demais personagens do imaginário infantil deram vida às atividades e stands do evento promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) por meio da Divisão de Ensino Fundamental – Leitura na Praça que aconteceu na última sexta-feira, (28), no Parque dos Bilhares.

O evento reuniu inúmeras crianças, adolescentes e o público adulto em torno de dinâmicas e brincadeiras voltadas ao prazer da leitura. Além de uma programação cultural variada, os participantes tiveram a oportunidade de visitar espaços diferenciados espalhados pelo Parque dos Bilhares representados por cada Divisão Regional de Educação (DRE) da Semed.

De acordo com a Coordenadora do Programa Viajando na Leitura na Semed, Jolene Paula, o objetivo da ação é chamar a atenção da sociedade para a importância da leitura.

“Esse é o primeiro ano que conseguimos juntar todas as sete DRE´s em um único espaço dando uma maior visibilidade da ação, apresentando uma face diferenciada da leitura. O trabalho em conjunto com todas as DRE´s é fundamental para o sucesso do evento”, comentou a coordenadora.

O Subsecretário Municipal de Gestão Educacional, Suames Maciel, realizou a entrega juntamente com o Presidente da Academia Amazonense de Letras, Arlindo Porto, de uma placa de homenagem à escritora homenageada, Ana Peixoto.

“Hoje queremos prestigiar e homenagear a nossa escritora Ana Peixoto com essa placa. A Secretaria tomou a iniciativa de homenagear as pessoas em vida influenciando dessa forma os professores da rede em suas próprias tecelagens sentimentais, alimentar o sonho que somente através da educação podemos mudar o nosso país”, destacou o Subsecretário.

A escritora e homenageada da edição de 2012, Ana Peixoto, falou sobre a emoção de ter sido convidada pela Semed para participar das atividades de leitura neste ano.

“Quando fui convidada para participar, fiquei surpresa e preocupada. Mas quando comecei a participar ativamente nas escolas pensei em um trabalho dinâmico que não ficasse cansativo, atuar como semeadora de palavras. Com a homenagem me sinto na obrigação de melhorar a minha obra e me sinto honrada por ter sido escolhida em vida”, destacou Peixoto.

Segundo a escritora, eventos como este ajudam a difundir a cultura da leitura.

“As pessoas estão descobrindo que ler faz bem e que é divertido.. Brincando com as crianças nas visitas às escolas municipais também estou fazendo a minha parte de propagar o estímulo à leitura. Além da leitura, as crianças estão começando a produzir textos e poesias. A Semed está no caminho certo em abrir espaços voltados para a leitura lúdica que é a leitura que pratico com as crianças”, comentou a escritora.

O espaço “Mediações de Leitura” coordenado pela DRE VI preparou uma surpresa para o público adolescente apaixonado pelas obras da escritora J.K. Rowling (Harry Potter). Os visitantes puderam acompanhar um diálogo representado pela escritora e seus principais personagens. Já no ambiente externo, as crianças menores escolhiam obras que estavam expostas em um grande livro montado pelos professores da divisão e os alunos monitores da Escola Nossa Senhora das Graças realizavam a mediação de leitura, além da realização de dinâmicas e brincadeiras.

Para a coordenadora da DRE VI, Sângela Santana, o espaço estimula tanto o hábito da leitura das crianças quanto dos adolescentes.

A aluna do 7° ano da Escola Madre Tereza de Calcutá, Kimberly Silva, que fez o papel da escritora J.K. Rowling acredita que participar da atividade é também uma forma de aprender mais ainda. “É uma forma de ganhar mais conhecimento sobre o mundo, algumas pessoas quando leem até viajam para todos os continentes. Sempre gostei dos livros do Harry Potter, no momento, estou lendo uma das edições”, afirmou a aluna.

O stand “As histórias da Vovó” coordenado pela DRE II apresentou o Projeto da Vovó Rufina que contou diversas histórias divertidas para o público presente. A programação contou ainda com a Fada Serafina, Teatro de Sombras, entrega de livros, pintura nas mãos, contação de histórias e a colcha de ilustrações.

De acordo com a Coordenadora do Eixo da Linguagem da DRE II, Jacy Alice, o objetivo do stand foi apoiar na formação de futuros leitores. “Para que tenhamos leitores no futuro precisamos investir na leitura. Esse evento é a ação macro do programa Viajando na Leitura”, afirmou Alice.

Um espaço repleto de personagens das histórias infantis, dessa forma, a DRE I organizou o ambiente “Livro Encantado” voltado para receber crianças de várias idades. Para a Assessora do Eixo I, Cristiane Fernandes, o espaço foi pensado nos trabalhos que as escolas já desenvolvem nas escolas como: peças teatrais, músicas e outras atividades voltadas para o mundo de conto de fadas e fábulas. “É um espaço de leitura para a sociedade manauara com o encontro de escritores da nossa região valorizando esse hábito de forma lúdica e prazerosa”, afirmou Fernandes.

A DRE V trouxe a temática “Leitura no Mundo Digital” com a Escola Maria do Carmo Rebelo de Souza”. Segundo a Assessora do Eixo da Linguagem,  Eliana Braga, o stand apresentou as novas possibilidades de leitura no mundo digital por meio do uso dos tablets, Netbil e demais tecnologias educacionais. “As escolas estão sendo equipadas com os telecentros e projetos voltados à informática e internet e as disciplinas já estão sendo trabalhadas de forma mais dinâmica e atrativa”, descreveu a assessora.

O evento contou ainda com os espaços Ana Peixoto – DRE IV (Fotos, livros, painel e outros materiais da escritora), Espaço Casinha de Leitura – DRE III ( Opções para que os visitantes fizessem desenhos das histórias lidas), Espaço Árvore do Conhecimento – DRE VII (Árvore com livros pendurados de autores amazonenses), Espaço Outras Leituras – DEF ( O stand contou com o Pirata contra Pirataria, Cida e  Dania que juntas formam a palavra Cidadania, leitura de imagens dos direitos da criança, Origami e exposição de textos dos professores da rede municipal de ensino) e Espaço Conversa entre Amigos – DEF e DREs ( Espaço para conversa do público (Famílias) com escritores locais e outros especialistas em leitura).