22/11/11 | 15:22
Semed promove exposição ambiental no Manauara Shopping

Trabalhos realizados pelas escolas da Divisão Regional de Educação (DRE) I estão expostos à visitação do público no Espaço da Cidadania Ambiental (Ecam), no piso Açaí, do Manauara Shopping, até quarta-feira (23).

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) promove até esta quarta-feira (23), no Espaço Espaço Cidadania Ambiental (Ecam), no piso Açaí, do Manauara Shopping, a Exposição de Educação Ambiental da Divisão Regional de Educação I. No evento, estão sendo expostos os trabalhos da agenda ambiental desenvolvidos este ano nas escolas municipais das zonas Sul e Centro-Sul da cidade.

O Espaço ECAM foi transformado em um ateliê de produtos artesanais feitos de materiais recicláveis. Logo na entrada, uma mesa e duas cadeiras feitas de latinhas de refrigerante decoram o ambiente. Além de quadros, cartazes, brinquedos feitos de tampa de garrafa e guirlandas produzidas com garrafas pet, dando o toque natalino ao local.

O objetivo é aproximar as ações de preservação do Meio Ambiente e a sociedade, além de incentivar alunos e comunidade sobre a importância do tema para as gerações futuras. As ações fazem parte do Projeto Político Pedagógico das escolas e compõem a grade curricular dos estudantes.

“Todas as escolas desenvolvem agenda ambiental por meio de danças, peças teatrais, artesanato e outras atividades. Aqui, 47 escolas apresentam seus trabalhos”, disse Regeane Chaves, coordenadora do eixo ambiental da DRE I.

“Trabalharmos esse tema nada mais é do que fazermos a nossa parte como educadores que precisam incentivar os alunos a preservação do meio ambiente”, ressaltou a Chefe da DRE I, Professora Jecicleide Nascimento.

Professor Artista

Durante o evento o que mais chamou a atenção foram os quadros feitos de papelão confeccionados pelo professor Wagner Nogueira. Ele leciona a disciplina de Geografia e conta que os quadros são produzidos somente nas horas vagas.

 “É um hobby. A confecção dos quadros me “desestressa”. O interessante é que descobri que tinha talento trabalhando em um projeto na escola”, lembrou.

A técnica utilizada pelo professor artista é a colagem. A inspiração vem da região amazônica. Tanto que os quadros mostram sempre a floresta, o caboclo e personagem da nossa literatura.

“A inspiração é a nossa região e minha matéria prima é a natureza. Faço tudo com matérias recicláveis, até as molduras são de madeiras que encontro jogadas pelas ruas”, concluiu Nogueira.

Eventos como este mostram a importância do verde e principalmente da sua preservação e deixam claro que ele sempre vai servir de matéria prima e inspiração na produção de artes, confirmando o que diz Johan Wolfgang: “A natureza é o único livro que oferece um conteúdo valioso em todas as suas folhas”.