Secretaria Municipal de Educação
Acessibilidade    Fale Conosco    Mapa do Site
Manaus, 20 de outubro de 2020
-->
28/02/18 | 17:41
Semed promove debate sobre Base Nacional Comum Curricular

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) promoveu, na tarde desta quarta feira, 28/2, um debate com a presença de assessores pedagógicos e representantes das Divisões Distritais Zonais (DDZs), para tratar da nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada em dezembro de 2017. O evento contou com a presença da mestra em educação pela Universidade Federal do Amazonas, Ana Cecília Marques.

A previsão é de que o processo de implantação da BNCC nas escolas esteja consolidado até 2020. Ao longo 2018, as escolas e redes de ensino deverão se adaptar e rever seus currículos para iniciarem a implementação da nova diretriz em 2019.

A palestra, que teve como tema ‘Base Nacional Comum Curricular: um dos caminhos para qualidade do ensino’, trouxe esclarecimentos sobre a nova BCNN, que está em fase implantação em todos os municípios brasileiros.

Segundo subsecretária de Gestão Educacional, Euzeni Trajano, a adesão será coordenada por meio de uma comissão composta pela Secretaria do Estado de Educação (Seduc) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Ela explicou, ainda, que toda rede deve tomar conhecimento do documento para entender o impacto que a nova Base Nacional vai trazer. “A Semed tem se organizado para fazer diversas ações para implementação da Base Nacional Comum, como promover um dia “D” nas escolas, onde o documento possa ser discutido com cada professor, porque a implementação vai trazer algumas mudanças no currículo, na avaliação e organização do projeto politico-pedagógico da escola”.

Palestra

No decorrer da palestra a consultora de desenvolvimento educacional da Editora FTD, Ana Cecília Marques, salientou que o documento define o conjunto de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da educação infantil e do ensino fundamental.

Ela também ressaltou que a BNCC estabelece conhecimentos, competências e habilidades que os estudantes devem desenvolver durante os anos de estudo. “A Base Nacional vem com objetivo de minimizar as diferenças nesse Brasil imenso de dimensões continentais. A Base busca elevar a qualidade da educação em todo país”, explicou, lembrando que os municípios poderão inserir, de acordo com as diretrizes da BNCC, suas regionalidades e especificidades.

Umas das participantes da palestra foi a gerente pedagógica da DDZ Rural, Marilene de Souza Gomes. Para ela, a Base Nacional traz aos alunos a certeza de que terão acesso ao mesmo conteúdo, independe de onde esteja residindo ou estudando. “Acredito que a Base Nacional traz a seguridade que o aluno terá o mesmo conhecimento onde quer que esteja”, destacou.

 

Texto: Emerson Santos

Fotos: Érica Marinho

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054