28/11/12 | 16:20
Semed promove consultas oftalmológicas para alunos da rede

Três mil alunos da rede municipal de ensino estão sendo beneficiados com consultas oftalmológicas por meio do Projeto “Saúde Ocular”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), desde 1999. A ação está acontecendo desde o dia 21 de novembro, em Escolas Municipais que atuam como polos para outras unidades educacionais que ficam localizadas em torno da zona geográfica.

A Secretaria firmou uma parceria com a Fundação Piedade Cohen para a realização de atendimentos e consultas. A meta é identificar e corrigir problemas visuais que possam comprometer o processo de aprendizagem dos alunos que apresentem deficiências visuais e que necessitem de medidas corretivas.

O atendimento começou nos polos instalados na Zona Norte no último dia 21. Nesta quarta-feira, 28, é a vez do polo da Zona Oeste, depois será da Zona Sul, dia 3 de dezembro e por último as Zonas Leste e Rural. A previsão é que o término de atendimento à comunidade escolar termine na primeira quinzena do próximo mês.

A gerente de Atividades Complementares e Programas Especiais da Semed, Dircélia Ortiz, ressaltou a importância no atendimento aos alunos que não teriam condições de pagar uma consulta e a oportunidade da Secretaria que presta um serviço em prol da comunidade escolar.

“Anualmente são realizados esses exames com os alunos para não prejudicar o rendimento escolar. A previsão é que sejam distribuídos 500 óculos aos estudantes da rede”, completou.

Jucélia Taracinque Gomes, 30, doméstica, mãe da aluna do 5º ano do turno matutino, Angélica Gomes Ramos, 11, aprovou a medida preventiva, pois a escola ajuda e contribui com a comunidade por meio de um serviço de grande relevância.

“É muito legal tudo isso, pelo menos nós não temos que comprar óculos. Acho que deveriam acontecer essas ações sempre”, finalizou.

A aluna do 4º ano da escola, Vivian Farias de Sena, 10, foi uma das beneficiadas com a consulta oftalmológica realizada pela Semed.

“Foi muito bom ter sido atendida pelos médicos. É um trabalho que ajuda os alunos na realização dos exames e na aquisição dos óculos”, confessou.

A Semed, por meio do projeto Saúde Ocular realizou uma triagem nas escolas municipais com 84.820 alunos da rede, realizada pelos professores que fizeram o teste de acuidade visual. Em seguida, foram identificados 7 mil alunos que apresentaram alguma dificuldade visual, deste total foi uma efetivada uma nova seleção para identificar os casos mais sérios que culminou nos atendimentos oftalmológicos e na entrega de óculos.