20/05/19 | 14:53
Semed participa de ato público relativo ao combate ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil

O Ato Público em alusão ao “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, celebrado na mesma data, foi realizado no sábado, 18/05, na pra Heliodoro Balbi, no Centro de Manaus. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) participou do evento com a Caravana de Educação Física, três escolas e o grupo de percussão “Curumim na Lata”.

O ato contou com a presença das Varas de Crimes Contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes, Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, representantes do governo, além da presença dos cantores Lorenzo Fortes, Marcella Bártolo e Raylla Araújo, ex-participantes do The Voice Kids.

A Semed também faz parte do Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes e desenvolve durante todo ano ações voltadas a esse combate.

“A Semed faz parte de um comitê estadual de enfrentamento à violência sexual infanto-juvenil. Participamos do ato público com várias atividades das nossas escolas, participação de alguns setores como a caravana e o curumim na lata e outras atividades voltadas para chamar atenção da sociedade em relação a essa questão”, apontou a gerente de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe), Dircelia Ortiz.

No mês de maio, especificamente, a campanha se intensifica. Em 2019, a campanha “Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes da Violência Sexual”, começou no dia 09 de maio na Escola Municipal Maria Lira e envolveu todas as 496 unidades de ensino. A ação também serve para alertar os mais de 245 mil alunos da rede municipal sobre as formas de violências que podem ser praticadas por pessoas próximas da vítima.

A assessora da Gacpe, Eliana Hayden, falou sobre algumas ações realizadas pela Secretaria. “As ações de enfrentamento à violência sexual contra o jovem e adolescente acontecem anualmente. Fizemos a abertura da campanha na Escola Municipal Maria Lira, e as escolas municipais trabalham intensamente a programação por meio de oficinas, palestras, caminhadas, seminários. A campanha encerra no dia 31 com muitas outras atividades”.

O “Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, foi instituído pela Lei Federal nº 9.8700/00 e faz referência ao caso que ficou conhecido como “Crime Araceli”, acontecido no Espírito Santo em 1973, quando a menina, de apenas 8 anos de idade,  foi violentada e assassinada. A data tem a intenção de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar a sociedade para participar a prevenção a esse tipo de crime.

 

Texto: Alexandre Abreu
Fotos: Divulgação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054