12/12/13 | 14:18
Semed lança livro de culinária produzido por alunos e professores

Unir poesia, culinária e conteúdo pedagógico foi um desafio superado pela equipe de professores, pedagogos e alunos da rede municipal de ensino. Na última quarta-feira, 11, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) lançou a obra “Na cozinha de Manaus: Experiências gastronômicas e escritoras”, que reúne 64 receitas da culinária regional, demostrando alimentos típicos e suas caraterísticas, além de poesias do escritor amazonense Elson Farias e ilustrações da artista Carolina Cortasso e dos próprios estudantes.

O lançamento foi realizado no Circulo Militar, no bairro do São Jorge, zona Oeste. Durante a cerimônia, o secretario da Semed, Pauderney Avelino, deixou claro que o livro é mais uma atitude ousada do Programa de Ensino Sistematizado das Ciências (PESC).

“Estamos fechando este ano com chave de ouro com mais um instrumento pedagógico para nossos alunos e alunas. Tenho a total certeza que esta obra irá se somar aos demais programas desenvolvidos pela secretaria no decorrer deste ano para elevar o nível da educação na nossa cidade”, afirmou o secretário.

Paté de Tucumã, Mousse de Açaí e Torta de banana Pacovã, são algumas das receitas que compõem o livro, idealizado para incentivar bons hábitos alimentares na rede municipal de ensino, bem como possibilitar a reflexão de alimentos, comidas típicas e o estimulo das atividades de cunho pedagógico que contribuam para letramento e a escrita, respeitando a realidade de cada escola.

Sergio Luiz Cunha, gerente de conteúdos pedagógicos do Pesc, ressalta qual o resultado desejado com atualização do livro nas escolas.  “Esse projeto foi planejado com para estimular conversas sobre receitas regionais entre professores e alunos, além de ampliar o conhecimento acerca da Região Amazônica, leitura, escritores e, sobretudo fornecer uma nova ferramenta de trabalho aos professores para que eles possam dar mais dinamismo as suas atividades em sala de aula”, explicou o gerente.

Um dos fatos que comprova que a nova literatura gastronômica irá ajudar na aprendizagem é o fato de que o livro está organizado de maneira que os textos se entrelaçam, proporcionando o desenvolvimento da leitura, da interpretação, da compreensão e, por fim, a produção de texto. A obra traz também diferentes gêneros e portadores textuais, como obras de artes, cantigas, notícias, poesias, entre outros.