18/05/18 | 17:07
Semed inicia ciclo de discussões sobre diversidade

Para dar início ao cronograma de discussão sobre diversidade religiosa em eventos que com educadores, movimentos sociais,  representantes de órgãos  municipais, estaduais e da área jurídica, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou, na tarde desta sexta-feira, 18/5, o primeiro ciclo de palestras da diversidade, com o tema  ‘Refletindo a liberdade religiosa a partir do Estado Laico: Contribuindo para a Cultura de Paz’.

O evento reuniu em uma mesa redonda no auditório da secretaria, a subsecretária de Gestão Educacional, Euzeni Trajano, o vice-presidente do Conselho Municipal de Educação, Cléber Ferreira, a representante do Conselho Estadual de Educação, Meire Botelho e o representante da comissão de liberdade religiosa da Ordem dos Advogados do Brasil no Amazonas (OAB/ AM), Anderson Fonseca.

Durante a discussão, cada representante falou sobre diversidade religiosa a partir da sua perspectiva, respeitando  normas no âmbito educacional nacional, a visão de autores de renomes que abordam o assunto em ambiente escolar e sob parâmetros legais, inseridos no ordenamento jurídico brasileiro, que apontam de forma rígida e tácita  a proteção do Estado Laico no Brasil.

A subsecretária Euzeni Trajano, que representou a secretária municipal de educação, Kátia Schweickardt, destacou que a  Semed tem grupos internos que trabalham e debatem a diversidade de forma geral. Segunda ela, a intenção do evento foi mostrar que  o respeito pelas  diferenças é principal arma para vencer qualquer tipo de intolerância.

“A Secretaria proporcionou este momento para pensarmos em um item fundamental de convivência social que é o respeito às diferenças e repassarmos isso para nossos alunos em sala de aula”.

Durante a atividade foram discutidas leis municipais que buscam o desenvolvimento da educação laica e que observa fenômenos religiosos a partir do ensino religioso, sem o uso do proselitismo. A assessora de diversidade da Semed, Lídia Helena de Oliveira, disse ainda que o evento permitiu uma ampla discussão a partir de diferentes visões.

“A intenção é discutir a partir de várias formas visões e espaços,  o ensino religioso na perspectiva da diversidade religiosa, considerando o estado laico e, ao mesmo tempo, observando de que forma a escola pode contribuir na cultura da paz”, falou.

A práxis de um ensino Religioso na perspectiva da diversidade Religiosa  foi um dos subtemas abordados pela professora Andreia Pessoa de Oliveira da Escola Municipal Aramando de Sousa Mendes. Ela falou a respeito das metodologias e como desenvolve a diversidade com seus alunos, de forma criativa, aproveitando os espaços, envolvendo as crianças no processo de aprendizado e contextualizando o assunto.

“Trabalhar em sala de aula requer que professor entenda a realidade do aluno, as diferenças  religiosas e culturais que existem reconhecer as tradições,  para depois  criar meios criativos para contextualizar tema dado”, destacou.

 

Texto: Emerson Santos

Fotos: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054