04/05/15 | 11:25
Semed inicia atividades do Projovem Urbano

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) deu início, nesta segunda-feira, 4, ao Projovem Urbano, beneficiando cerca de mil alunos, em cinco escolas municipais da rede pública de ensino, localizadas em diferentes pontos de Manaus. Para marcar o começo das atividades do programa, a secretaria realizou, na noite da última quinta feira, 30, no auditório do órgão, a aula inaugural com a participação dos novos alunos, professores, gestores e participantes do Projovem.

O programa é coordenado pelo Ministério da Educação (MEC), em parceria com a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e tem a finalidade de elevar a escolaridade de jovens com idade entre 18 e 29 anos que não tenham concluído o Ensino Fundamental, mas que saibam ler e escrever. O curso tem a duração de 18 meses, objetivando que os alunos integrantes obtenham o certificado do Ensino Fundamental com formação integral, qualificação profissional inicial e inclusão digital.

A secretária Kátia Schweickardt, que ainda não tinha tido a oportunidade de conhecer o programa, o descreveu como motivador e salientou que ele tem muito a ensinar a rede. “Este programa me trouxe uma enorme alegria, porque percebi que além de ensinar a ler, escrever, ou fazer um jovem concluir o Ensino Fundamental tem o objetivo de formar cidadãos e de devolver dignidade e cidadania a jovens, que  por questões diversas pararam de estudar na idade certa. Acho também que é um programa motivador e que tem muito a ensinar à rede por suas conquistas e pelos seus desafios alcançados e estipulados”, comentou a secretaria.

Segundo a coordenadora do Projovem na Semed, Magna Galvão Collyer, o principal objetivo do programa é oferecer a elevação da escolaridade. “O Projovem veio para oportunizar um processo de aceleração de aprendizagem para jovens entre 18 e 29 que não conseguiram concluir o Ensino Fundamental. E o vejo como uma oportunidade impar, porque ele permite que este jovem conclua o Ensino Fundamental em qualquer ano que tenha parado. Ele é um programa que viabiliza a reinserção escolar, pois permite que este jovem seja inserido no ensino público e tenha a possibilidade de recomeçar sua vida acadêmica”, explicou.

Além da elevação da escolaridade, os alunos recebem uma qualificação profissional inicial a cada edição do Projovem. Para esta edição terá cursos na área da alimentação. “Nesta edição, os novos alunos terão possibilidade de fazer cursos na área da alimentação, em suas próprias escolas com nutricionistas, pessoas credenciadas e capacitadas na área”, ressaltou a coordenadora do Programa.

Relatos de experiência

Na solenidade, houve o relato de experiências de alunos finalistas do projovem da edição de 2013. Walber Farias da Silva, aluno da Escola Municipal Themistocles Gadelha, declarou que o programa realizou em sua vida.

“O Projovem me deu oportunidade de ampliar meus horizontes, de perceber que eu poderia fazer mais por mim mesmo. Hoje, sou uma pessoa mais madura, determinada e agradeço isto ao programa que meu deu uma nova visão de mundo ”, falou o aluno.

Expectativa dos novos alunos

Nesta edição, o Projovem vai contemplar cerca de mil alunos, além da certificação do Ensino Fundamental, será disponibilizado auxílio-financeiro, no valor de R$100, aos alunos que obtiverem o mínimo de 75% de frequência no mês e salas de acolhimento, que serão exclusivamente para jovens que têm filhos de 0 a 8 meses de vida, em escolas onde acontecerão o Projovem.

Jhonata da Silva, aluno da Escola Municipal Professor Themistocles P. Gadelha, é dos novos alunos do projovem da edição 2014. Ele parou de estudar há 10 anos por motivos pessoais. Para o aluno, este momento representa uma nova etapa. “Estou começando uma nova etapa na minha vida, agora, com mais com confiança em mim mesmo. Estou ansioso e empolgado  por este recomeço”, declarou.

Para a aluna da Escola Municipal Sabá Raposo, Solange do Carmo, o programa lhe deu a oportunidade de sonhar de novo. “Hoje tenho mais tempo. O programa esta me dando a oportunidade de concluir o Ensino Fundamental, o ensino médio e, futuramente de fazer uma graduação, além de oferecer uma qualificação profissional. Ou seja, este programa está me dando a oportunidade de poder sonhar de novo”, falou Solange.

Novas inscrições

O programa ainda está com inscrições abertas para novos alunos. Os interessados devem ser dirigir à Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), localizado na Avenida Maceió, bairro Parque 10, zona Centro-Sul, até o dia 25 de Maio, de 8h às 12h e de13h30 às 18h, munidos da original e cópia da Carteira de Identidade, CPF, comprovante de residência, uma foto 3×4 e Histórico Escolar para comprovar que tenha feito até a 4ª série do Ensino Fundamental. De acordo com a coordenadora geral municipal do Projovem na Semed, Magda Collyer, quem não tiver o histórico escolar pode ir até ao local da inscrição para realizar um teste de proficiência.

“Quem não tiver o histórico, se perdeu, se rasgou ou não tem por algum motivo, pode ir até a sede do Projovem e lá será realizado um teste de proficiência, seguindo as normas do MEC, para poder analisar e verificar se o aluno está apto para fazer parte do programa.”, relatou Magna.

As aulas começarão na próxima segunda feira, 4, respectivamente, nas escolas  Firme na Fé, no Alvorada 3; Leonor Uchôa de Amorim, no São José 1; Graziela Ribeiro, no Crespo; Jornalista Sabá Raposo, no Monte das Oliveiras e Themistocles P. Gadelha, bairro Jorge Teixeira

 

Texto: Emerson Felipe

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054