01/02/13 | 18:51
Semed inaugura creche Manuel Octávio Rodrigues de Souza

A unidade no Jardim Mauá, zona leste da cidade, vai atender 70 crianças de um a três anos.

A Prefeitura de Manaus, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) inaugurou na manhã de hoje (01), a Creche Municipal Manuel Octávio Rodrigues de Souza, no Jardim Mauá, zona leste da cidade. Essa é a primeira de um total de 45 creches que serão entregues à população até o final do ano. A solenidade de inauguração contou com a presença do Prefeito Arthur Neto, do Secretário Pauderney Avelino e de vereadores da base aliada.

A creche vai atender 70 crianças de um a três anos em horário integral. A estrutura física é digna de uma escola infantil particular. São cinco salas de aula com dormitórios e banheiros, uma área externa ampla com dois playgrounds, sala de enfermagem, refeitórios e um solarium, para que os pequenos tomem banho de sol, além de ser totalmente acessível e ter banheiros adaptados.

 “Estamos muito ansiosos para começar este trabalho. Temos a obrigação e faremos, com certeza, um excelente trabalho. Eu e minha equipe estamos empenhadas para sermos referencia para as próximas creches que serão inauguradas”, disse a Diretora da creche, Andrezza Monte Ferreira.

Vivian Larissa é mãe da pequena Maria Luiza de três anos. Ela conta que a inauguração da creche, além de oferecer uma educação de qualidade para sua filha, vai influenciar, também, na renda familiar. Por ter que cuidar da criança, a mãe que é estudante de química ficava impedida de trabalhar.

“Como não tinha com quem deixar ela eu não trabalhava. Assim que soube da inauguração da creche, matriculei minha filha e fui procurar um emprego. Agora estou estagiando na Funasa”, afirmou.

Situação parecida vive a industriaria Lucélia dos Santos, que a partir de agora não vai mais precisar pagar uma babá para cuidar do filho.

“Pagava uma moça, mas isso pesava muito no meu orçamento. Amei essa creche. Tenho certeza que meu filho será bem cuidado aqui”, disse a mãe do pequeno Luan Gabriel.

Compromisso com a educação

Arthur Neto garantiu que além desta, a Prefeitura vai inaugurar mais 44 creches até o final do ano. Enquanto fazia seu pronunciamento, foi interrompido por André Emanuel, de dois anos e aluno da creche. A criança pegou o microfone das mãos do prefeito e disse que quando crescer vai ser médico.

“É muito bom ver que crianças como o André e seus amiguinhos terão um lugar de qualidade para estudarem. A inauguração dessas creches é uma libertação para as mães, que poderão trabalhar tranquilas sabendo que seus filhos estão sendo bem cuidados”, disse.

Durante a cerimônia de inauguração, o Secretário da Semed, Pauderney Avelino, voltou a afirmar que a educação municipal vai dar um salto de qualidade. Disse à população que sua equipe de trabalho não medirá esforços para oferecer uma educação de qualidade e não conseguiu esconder a alegria em poder inaugurar uma obra tão importante já no início de sua gestão.

“Após 30 dias de trabalho já estamos inaugurando a primeira creche. Esse é o marco inicial da nossa gestão. Podem esperar muito trabalho e empenho da nossa parte. Estou muito feliz em ver que as mães do Jardim Mauá terão um lugar seguro para deixar seus filhos”, falou.

Funcionári

A equipe de trabalho da creche é composta somente por mulheres. Ao todo, são 21 profissionais entre pedagogas, enfermeiras, assistentes sociais, professoras e serviços ge“Não é proibido, mas é desaconselhável ter homens trabalhando em creche. Muitas mães não ficariam confortáveis ao saber que um homem dá banho em sua filha pequena. Por isso, aqui na nossa creche até a porteira é mulher”, explicou a diretora, Andrezza Monte Ferreira.

Parceria

Para que a Creche Municipal Manuel Octávio fosse inaugurada hoje, a Semed contou com a parceria da Secretaria Municipal de Limpeza (Semulsp), que fez a limpeza dos arredores da unidade, e também da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas), que cuidou do jardim da escola. Além disso, a Semmas estava doando mudas de plantas e árvores frutíferas para os comunitários.