14/02/14 | 10:00
Semed implanta projeto de robótica que beneficiará 3.360 alunos do 9º ano da rede municipal

A primeira escola a ser contemplada com o projeto será a Escola Municipal Madre Tereza de Calcutá 

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) implantará um Projeto de Robótica que beneficiará 3.360 alunos do 9º ano do Ensino Fundamental da rede pública municipal. Na tarde desta quinta-feira, 13, a Fundação Nokia apresentou o modelo do programa na Escola Municipal Madre Tereza de Calcutá, no Nova Floresta, zona leste de Manaus, onde funcionará o projeto-piloto para 199 alunos.

O projeto será destinado aos alunos do 9º ano, terá duração de 12 meses nas escolas implantadas, por meio de 84 turmas, sendo sete por mês. As aulas acontecerão no contra turno e terá carga horária de 32h semanais, divididas em 8h de fundamentos teóricos e mais 24h de atividades práticas. O conteúdo programático dado no curso será introdução à robótica, sensores, fundamentos de lógica, entre outros.

Para apresentar o projeto, professores da Fundação Nokia foram à Escola Municipal Madre Tereza de Calcutá, na tarde desta quinta-feira, 13, com o objetivo de demostrar a aplicabilidade do programa.

O Secretário Municipal de Educação, Humberto Michiles, menciona qual é o objetivo da implantação do projeto na Semed.   “O foco principal deste projeto é proporcionarmos, aos alunos participantes, melhoraria na qualidade de educação e oportunidade de se destacarem neste nicho tecnológico mais adiante. Apostamos nesta tese, porque acreditamos que na medida em que despertamos a curiosidade, que tornamos as aulas mais atraentes, proporcionamos o ambiente escolar mais prazeroso e, sobretudo, tornamos os alunos mais empenhados, interessados e comprometidos com seus estudos”, finalizou o secretário.

Michiles ainda mencionou que o uso da tecnologia pode contribuir na melhoria de vida das pessoas. “Tendo em vista que a tecnologia está presente no nosso dia, precisamos despertar os nossos alunos para a importância da tecnologia, precisamos desafiá-los, motivá-los e mostrar-lhes que são capazes de conquistar tudo o que quiserem e o fato de estudarem em escola pública não os torna piores do que os que estudam em unidade particular”.

A gestora da Escola Madre de Tereza de Calcutá, Renata Cristina, relata que esse curso influenciará no ensino dos alunos. “O curso pode ser uma ferramenta pedagógica, por estimular o raciocínio lógico e o melhor entendimento nas ciências exatas, ou seja, as disciplinas de matemática, física e química”, explicou a Renata.

A aluna do 9° ano, Vitória Cristina, afirmou esperar que o projeto a estimule a estudar outras áreas de conhecimento. “Estou ansiosa para começar a estudar e expandir meus conhecimentos (sobre Robótica) e, além disso, espero que com esse projeto eu possa me interessar ainda mais por outras disciplinas”.

O projeto está em uma fase preliminar, mas segundo o secretário Humberto Michiles, a intenção é estendê-lo, futuramente, a todas as escolas da Semed.

 

Fotos: Rodemarques Abreu

Texto: Emerson Felipe

Assessoria de Comunicação da Semed

Gisa Prazeres – 8842-1188 / 3632-2054