07/11/14 | 17:32
Semed formalizará parceria com Ocas para reciclar papel e evitar desperdício

Para evitar o desperdício de papel em excesso, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizará uma parceria com as Ocas do Conhecimento Ambiental para realizar um trabalho de reaproveitamento de material sustentável. A ideia partiu de ambas as partes durante o 1º Workshop Ocas do Conhecimento Ambiental, nesta quinta, 6, e sexta-feira, 7, no auditório da Semed.

De acordo com o secretário da Semed, Humberto Michiles, o trabalho de reaproveitamento de material sustentável, além de contribuir para a preservação do meio ambiente pode ser uma forma de gerar recursos para as Ocas do Conhecimento, que realiza um trabalho de conscientização e preservação do meio ambiente com alunos e comunitários nas zonas Norte e Leste da cidade.

“A Semed tem um consumo de papel muito elevado que pretendemos aproveitar e reverter esse aproveitamento em benefício ao meio ambiente, mas vamos trabalhar de uma maneira que isso traga recursos para fortalecer esse trabalho feito pelas Ocas, que faz ações de conscientização, de preservação do meio ambiente. Quando preservamos nós investimos na qualidade de vida do meio em que vivemos e para esse trabalho dar certo, a principal ferramenta de mudança para isso é a educação. Queremos e vamos fazer parceria com as Ocas, o projeto vai ser elaborado e assim que estiver pronto pretendemos dar início a esse trabalho e evitar o desperdício de material”, informou o secretário.

A ideia do trabalho de reaproveitamento partiu do momento em que o secretário, junto com a coordenadora das Ocas, Gina Gama, acompanharam a apresentação do projeto ‘Brinquedo Sustentável’, de alunos da Escola Municipal Irmã Dulce, localizada no bairro São Francisco, que apresentaram brinquedos feitos de garrafas pets.

A iniciativa do projeto partiu dos alunos após perceberem a quantidade de lixo, principalmente as garrafas pets, jogadas no igarapé que fica próximo a escola, como informou a professora Glaucia Florencio, que é uma das coordenadoras do projeto ‘Brinquedo Sustentável’.

“Os alunos perceberam que havia muito lixo no igarapé e chegaram para mim com a ideia de recolher o material, começamos a recolher e nos primeiros três dias conseguimos arrecadar mais de 2 mil garrafas pets e transformamos em brinquedos. Nos reunimos no contraturno das aulas e confeccionamos os brinquedos. Aproveitamos a habilidade de um dos nossos alunos, o Gabriel , em eletrônica e montamos a carreta multiuso, que pode ser usada para vários meios pedagógicos”, explicou.

O aluno Gabriel Alcimar, 10, explicou que aprendeu a mexer em eletrônica com o tio e que pensou em fazer um carro com controle remoto e material reciclado para a feira de ciências da escola.

“Quando vi aquele lixo todo no igarapé eu pensei que a gente tinha que fazer alguma coisa, foi quando falei para a professora, que conversou com a gestora e ela nos inscreveu na feira de ciências, daí montamos o projeto. Esperamos contribuir para a preservação do meio ambiente e fazer parte de uma inovação tecnológica”, finalizou o aluno.

 

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Lton Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054