29/09/15 | 15:53
Semed firma parceria com Instituto Tim para qualificar o ensino da matemática

CS - 29-09-15 - Formação Professore Projeto Ciclo da matemática. Fotos Cleomir Santos (5)Para qualificar o ensino da matemática nas escolas da rede municipal de ensino, a secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt assinou, na manhã desta terça-feira, 29, um termo de compromisso firmando parceria entre a Semed e o Instituto Tim para a aplicação do Projeto Círculo da Matemática, que utiliza metodologias diferenciadas no ensino da disciplina para alunos de 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental.

A parceria, firmada nesta terça-feira, após o início da formação de 200 professores da Semed e representantes do projeto, vai proporcionar a aplicação de técnicas do ensino da matemática para mais de seis mil alunos da rede municipal de ensino. A metodologia utiliza-se de ações lúdicas que despertam o interesse dos alunos pela disciplina. Na ocasião, os docentes receberam um kit com três livros que explicam como montar um plano de aula mais atraente para os estudantes.

CS - 29-09-15 - Formação Professore Projeto Ciclo da matemática. Fotos Cleomir Santos (8)De acordo com a coordenadora de Monitoria e Informação do Círculo da Matemática, Joyce Tognola Pimentel, apenas 9% dos estudantes do Ensino Médio da rede pública obtém o conhecimento adequado na disciplina, conforme dados do Exame Nacional do Desempenho do Estudante (Enade). O mesmo acontece nos primeiros anos do Ensino Fundamental.

“A gente vê que a questão da matemática no Brasil está bem prejudicada. Se você não atua lá no início do problema, ele vai crescendo. Então, a gente tem que pegar as criancinhas lá no começo, desenvolver o gosto delas pela disciplinas, para que elas tenham um desempenho melhor. A gente espera que os professores reproduzam essa metodologia em sala de aula”, afirmou Joyce Pimentel.

Para a secretária da Semed, Kátia Schweickardt, a parceria vem somar a todo o esforço que a Secretaria já está fazendo para dar mais qualidade ao processo de ensino e aprendizagem dos alunos. Ela lembrou, também, que o diagnóstico não é privilégio de Manaus, mas que em todo o Brasil há essa falha.

CS - 29-09-15 - Formação Professore Projeto Ciclo da matemática. Fotos Cleomir Santos (10)“Os nossos principais descritores de insucesso escolar, que se refletem lá no Ensino Médio e até no acesso dos alunos nas universidades brasileiras, estão relacionados à precarização da alfabetização, seja no letramento, seja na possibilidade de realizar operações básicas de matemática. Por isso que nossos alunos têm muitas dificuldades de ler o mundo por meio desses instrumentos que são básicos de compreensão”, disse.

“A gente já vem conseguindo reduzir os nossos índices de insucesso, mas sem dúvida nenhuma essa parceria vai ajudar muito na qualificação do processo que se tornou uma prioridade a rede de Manaus”, completou Kátia.

Ajuda é bem-vinda

Para a professora Arlene Lima, que leciona para 22 alunos do 3º ano da Escola Municipal Lago e Silva, localizada no Km 21 da rodovia AM-010, a nova metodologia é bem-vinda. Ela afirmou que tudo que é feito para melhorar a educação no Brasil é válido.

“Eu tenho dificuldade porque ultimamente os alunos não se interessam pela disciplina e não são acompanhados pelos pais. Então, o ensino fica basicamente para o professor em sala de aula. A criança já vem de casa sem o interesse de aprender. Muitos não sabem o básico da tabuada. Espero que essa formação me dê mais ferramentas para atuar”, declarou.

Texto: Thiago Botelho
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054