20/01/11 | 10:23
Semed faz parceria com Semasdh para ampliar o Promeapi

As secretarias municipais de Educação (Semed) e de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) firmaram uma parceria para a implantação do Programa Municipal de Escolarização do Adulto e da Pessoa Idosa (Promeapi) nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e nas Casas do Cidadão (CC), de responsabilidade da Semasdh.

O Promeapi é um Programa desenvolvido pela Gerência de Educação de Jovens e Adultos da Semed, que tem como objetivo proporcionar a adultos e a idosos oportunidades educacionais apropriadas, considerando suas características, condições de vida e trabalho.

O Programa beneficiará pessoas a partir dos 35 até os 100 anos de idade. As inscrições começaram no último dia 10 e vão até 1º de fevereiro, em tempo integral, nos endereços do Cras e Casas do Cidadão. Serão oferecidas aulas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. No ato da inscrição, os futuros alunos deverão possuir duas fotos 3×4, comprovante de escolarização (caso tenha), cópia da Carteira de Identidade, CFP e comprovante de residência.

Segundo o subsecretário de Gestão Educacional da Semed, Suames Maciel Gomes, a parceria vem para ampliar ainda mais os trabalhos de aprendizagem com os adultos. Suames cita ainda que o trabalho realizado pela Secretaria foi reconhecido em âmbito nacional com a medalha Paulo Freire, em Brasília, pelos serviços prestados pela Semed e agora sendo ampliada para outra secretaria. “Este ano nós vamos continuar investindo na Educação de Jovens e Adultos, destacando também o Promeapi, cuja parceria foi proveitosa com 15 instituições. Agora vamos ampliar o projeto para ter um alcance maior. Vamos trabalhar com a Semasdh para que as pessoas da terceira idade possam ter acesso a aprendizagem no município”, completou.

O titular da Semasdh, Sildomar Abtibol, ressaltou a necessidade de realizar um trabalho com a clientela que participa dos Cras e Casas do Cidadão. Por meio de uma reunião, ele percebeu que poderia ser firmada uma parceria para ajudar pessoas que, por um ou outro motivo, deixaram de estudar. “Nós temos uma boa estrutura para realizarmos esse projeto e, com a ajuda da Semed, também podemos contribuir na erradicação do analfabetismo dentro do município. A Prefeitura de Manaus coloca à disposição toda a estrutura necessária para isso”, explicou.

Elizandra França Bento, 31, casada e mãe de dois filhos, ficou 11 anos sem estudar e agora tem a oportunidade de retornar à escola. De acordo com a doméstica, a oportunidade dada pela Secretaria é excelente para ela conseguir realizar seu sonho de aumentar a renda. “Há um bom tempo eu tinha o desejo de voltar a estudar. Fiquei sabendo deste programa e acho que vai ser maravilhoso para mim. Eu estou feliz e tenho certeza que vou concluir”, disse.

O que é o Promeapi?

É um Programa desenvolvido pela Gerência de Educação de Jovens e Adultos (Semed), que tem como objetivo proporcionar a adultos e a idosos oportunidades educacionais apropriadas, considerando suas características, condições de vida e trabalho. As turmas funcionam nos espaços cedidos pela instituição que solicita parceria da Semed. O programa atende adultos e idosos não alfabetizados, no 1º segmento (Ensino Fundamental I). A duração do curso é de três anos, com aulas de segunda a sexta-feira, sendo quatro horas de aula por dia para quem estuda no período diurno e três horas para quem estuda no período noturno.

A Semed fornece materiais permanentes e didáticos para professor e alunos. Cabe à instituição a manutenção do espaço físico. A Secretaria trabalha com a Educação de Jovens e Adultos (EJA) no município, sendo o segundo segmento no Centro Municipal de Jovens e Adultos (CEMEJA) Samuel Benchimol e o primeiro segmento em 106 escolas municipais de todas as zonas geográficas da cidade. Foram beneficiados com o Programa, até aqui, 496 alunos. A meta de ampliação da demanda é de 40% para 2011.

Acesse os endereços dos CRAS

Acesse os endereços dos Casas do Cidadão

Assessoria de Imprensa da Semed

Dante Graça