18/07/13 | 12:39
Semed entrega 70 agendas escolares para creche

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou, na tarde desta quarta-feira, 17, na Creche Municipal Maria Fernandes Bernardes, a entrega das Agendas Escolares, um instrumento de registro diário, que vai facilitar a comunicação entre creche e família, colaborando para a transparência e o fortalecimento de uma ação compartilhada na tarefa de cuidar e educar crianças. A entrega foi feita pelo secretário Pauderney Avelino e a gerente de creches, Wissilene Brandão. Participaram do evento pais e alunos de creches além de outros representantes da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Setenta agendas escolares foram entregues para o acompanhamento de crianças de 1 a 3 anos de idade, onde são feitas anotações do cotidiano da criança pelo professor e também pelos pais, para que a escola receba comunicados ou alguma anotação a respeito da saúde do aluno fora da escola. A agenda é um material produzido pela Semed.

Durante a solenidade foram apresentadas as formas de uso do novo material onde podem ser feitas anotações das atividades realizadas na creche, comportamento, saúde da criança e recados para os pais. “É uma forma de comunicação com a escola, assim os pais sabem o que aconteceu através da agenda e diminuímos as dificuldades de contato com os pais que, às vezes, não podem vir à escola por estarem trabalhando”, comentou a gestora da creche, Gicélia Maria Leal.

“Estou muito feliz com o trabalho que está sendo cultivado no nosso Departamento de Gestão, é um trabalho que está dando resultado, estou feliz ao ver nossas crianças sendo muito bem tratadas”, acrescentou o secretário de educação, Pauderney Avelino.  

Creches

A Prefeitura de Manaus, por meio da Semed, tem a meta de entregar 60 creches até o final do ano. A matrícula de crianças em creches obedece às diretrizes estipuladas pelo MEC, que vão desde o número de crianças por metro quadrado, ao número de professores por aluno conforme a idade da criança.

Atualmente, a educação infantil municipal vive um processo intenso de revisão de concepções sobre educação de crianças em espaços coletivos e de seleção e fortalecimento de práticas pedagógicas, mediadoras do desenvolvimento integral da criança.