19/11/19 | 17:04
Semed encerra ação global diálogo em diversidade religiosa

Encerrou nesta terça-feira, 19/11, a ação global diálogo em diversidade religiosa, que foi realizada desde o dia 12/11, em todas as escolas do 6º ao 9º do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus). O evento teve a intenção de oportunizar o espaço de discussão e reflexão sobre a temática religiosa com o foco na intolerância religiosa no Brasil e no Amazonas.

A ação, desenvolvida pela Divisão de Ensino Fundamental (DEF) da Semed, trabalhou a questão da diversidade religiosa com atividades interdisciplinares, envolveu meios e instrumentos pedagógicos, entre eles roda de conversas, palestras, debates, entre outros.

“A ação buscou trabalhar a questão da intolerância religiosa, principalmente, as religiões das matrizes africanas a fim de oportunizar um espaço de reflexão com alunos sobre a questão da diversidade religiosa no Brasil, para trabalhar o respeito a essa pluralidade religiosa. E também sobre laicidade do Estado e sobre o papel da escola para trabalhar a cultura de paz que tanto a secretaria fala, que perpassa, inclusive, pelo respeito pela diversidade religiosa”, destacou Solange Oliveira, assessora de ensino religioso da Semed.

Como parte da programação, a Escola Municipal São Judas Tadeu, localizada no 12km, da BR 174, Manaus/ Presidente Figueiredo realizou nesta terça-feira, a 1ª Conferência das religiões.

A ação envolveu 200 alunos do 6° ao 8° do Ensino Fundamental, entre 12 e 16 anos. A atividade trabalhou o  catolicismo, o  espiritismo, união do vegetal, candomblé e Fé Bahá’i.

A ideia foi mostrar as peculiaridades e caraterísticas de cada religião das seis abordadas, bem como destacar a importância e os valores de cada uma delas. A difusão do conhecimento sobre as religiões  foi passada por meio de rodas de conversas e palestras proferidas por  religiosos.

O coordenador do evento, o professor de ensino religioso, Giordano Costa, explicou que um dos objetivos da conferência das religiões foi promover o contato com líderes religiosos no ambiente escolar.

“A ação teve a intenção de  trabalhar a  diversidade de religiões  que existe no mundo, promovendo o contato com líderes religiosos e um espaço de debate e discussão sobre as seis religiões trabalhadas. E isso é importante, porque além de trazer conhecimento aos alunos, ajuda a despertar o lado crítico e os valores como respeito nos alunos”, explicou.

Para a estudante Joandra Bentes,12, do 6° ano do Ensino Fundamental, a atividade ajudou a trabalhar alguns valores. “Hoje aprendi que devemos respeitar a opção de religião de todos, porque cada religião professa uma fé, porque nenhuma é certa ou errada, apenas tem uma concepção e olhar diferente dos que acreditam”, destacou Joandra .

Texto: Emerson Santos
Fotos: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054