09/07/13 | 14:00
Semed e Sesc oferecem atendimento odontológico a pais e alunos

Com a missão de desenvolver ações voltadas à saúde bucal para alunos a partir de 5 anos e pais da rede municipal de ensino, a Prefeitura de Manaus firmou parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc). Coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (semed), o projeto OdontoSesc já foi iniciado e está disponibilizando uma unidade móvel aos beneficiados que precisam de tratamento.

A ação começou nesta semana com atendimento clínico dos pacientes que passaram por triagem e agendamento. O projeto se estenderá até 31 de dezembro deste ano, no Centro de Artes Aníbal Beça, localizado na Rua J, São José III, zona Leste da cidade.

O gestor do Centro de Artes, Jorge Alberto Farache, disse que parcerias como essa são importantes para a comunidade. “Reunir instituições privadas e públicas a fim rever esta questão (saúde bucal) é louvável, pois demonstra que ambas estão preocupadas com os malefícios causados pelo descuido com os dentes”, ressaltou.

A unidade possui ambiente climatizado e é composta por um sistema de esterilização, quatro gabinetes odontológicos, sistema de Raio-X e sala para pequenas cirurgias. Os serviços estão sendo oferecidos de segunda a sexta-feira, de 8h as 12h e de 13h as 17h.

A média de atendimento por dia é de 64 pacientes, sendo 32 no turno da manhã e 32 no turno da tarde. Os serviços oferecidos na unidade são de restauração, polimento, raspagem, extração, cirurgia simples e aplicação de flúor. Os profissionais evolvidos nesta ação são odontólogos, auxiliares de saúde bucal, agente administrativo, serviços gerais e técnico de apoio.

Os próximos atendimentos serão para alunos e responsáveis das Escolas Francisca Mendes, Armando Mendes e Cmei Balbina Mestrinho. Depois destas, outras unidades serão atendidas com o prévio agendamento de consultas.

Iniciativa

Ana Técia, mãe do aluno Wesley Ribeiro, 5 anos, do 2º período do Cmei Santa Terezinha do Menino Jesus, relatou que seu filho nunca havia passado por um consultório odontológico.  “Hoje, é a primeira vez que meu filho está sendo consultado por um dentista. Adorei a iniciativa. Espero que a ação possa atender várias pessoas, que assim como eu, não têm condições de pagar o tipo de tratamento que está sendo oferecido nesta unidade”, afirmou.

“Em nossa cidade 2/3 da população não têm acesso a consultórios particulares. Pensando nisso, o Projeto foi criado para intervir nesta realidade”, comentou a responsável pela unidade e odontóloga do Sesc, Yana Monteiro. Yana ressalta a importância de criação de projetos que incentivem cuidados com a dentição a partir dos anos iniciais. “É importante que as crianças aprendam desde cedo coisas corriqueiras, como: escovar os dentes corretamente, usar fio dental e ir ao dentista pelo menos duas vezes ao ano. O objetivo deste trabalho realizado pelo Sesc juntamente com a Prefeitura é justamente esse: educar e prevenir”, explicou.

Segundo a chefe da Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais da Semed, Dircélia Ortiz, neste primeiro momento o projeto atenderá somente a zona leste da cidade. Ela explicou que a unidade poderá atender outra zona da cidade a partir do próximo ano. “A expectativa é que possamos renovar o contrato que foi firmado entre a Prefeitura e o Sesc para atender outras zonas da cidade, como a norte”, concluiu.