18/09/15 | 18:35
Semed convoca assessores pedagógicos para discutir a proposta curricular dos anos iniciais

Discussão de propostas pedagógicas. DDZ I. Fotos Cleomir (8)Cerca de 100 assessores pedagógicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) se reuniram durante esta sexta feira, 18, para fortalecer as diretrizes e propor novas mudanças na proposta curricular dos anos iniciais do Ensino Fundamental. O encontro aconteceu no auditório da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul. O momento de discussão foi promovido pela Divisão de Ensino Fundamental (DEF) e da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM).

A ideia foi reunir os educadores para fazer um momento discussão, para, em seguida, criar momentos de estudos acerca da proposta curricular dos anos iniciais, com os pedagogos e professores da unidades de ensino da secretaria.

Discussão de propostas pedagógicas. DDZ I. Fotos Cleomir (4)De acordo com a chefa da DEF, Lucila Bonina, o momento partiu sobre questionamentos e indagações sobre a proposta curricular elencados nas reuniões de análises do Relatório de Análise de Desvio de Meta (RADM), que acontecem a cada bimestre nas unidades escolares e servem para demonstrar o rendimento da escola nas avaliações externas e internas durante esse período.

“Esta ação vem de encontro de uma necessidade levantada nos Radms feitos nas DDZs e nas escolas. O nosso intuito, hoje, é instrumentalizar os nossos assessores pedagógicos para que eles possam criar uma proposta de estudo, para levar aos pedagogos, em um segundo momento, para que eles possam se apropriar, se tornar mais especialistas do que são na proposta curricular dos anos iniciais, fazendo análises, fazendo criticas e revisões para então poder auxiliar o professor no seu fazer pedagógico, contribuindo na prática pedagógica do educador de sala de aula”, explicou Lucila.

Discussão de propostas pedagógicas. DDZ I. Fotos Cleomir (3)Para assessora pedagógica da DDZ Leste 2, Ellen Marques, a discussão é vista de forma positiva. “Porque nós precisávamos deste diálogo, amplo debate, troca de experiência e novo olhar a respeito desta proposta. Vejo também como forma de absorver um maior conhecimento sobre a proposta e num segundo momento levar para os professores das escolas que assessoramos”, disse

A discussão sobre a proposta curricular será feita até o mês de dezembro. Depois do encontro desta sexta-feira, os assessores vão se articular para programar momentos de estudos nas escolas. No início de novembro vai ter um momento com os assessores e com os técnicos da sede, para ver o andamento dos estudos e trocar experiências e, em dezembro, para fechar os trabalhos será realizado um seminário, onde será apresentado todas as análises feitas desde setembro pelos assessores pedagógicos, pedagogos e professores da Semed.

Texto: Emerson Felipe
Foto: Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054