07/08/14 | 9:03
Semed avalia conhecimento de mais de 100 mil alunos

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), aplicou a segunda avaliação de desempenho deste ano para aproximadamente 103 mil alunos, nesta quarta-feira, 06.  As avaliações fornecem informações específicas sobre o rendimento escolar dos estudantes, gerando resultados que auxiliam os educadores nas ações e intervenções pedagógicas para melhoria da educação em Manaus.

As provas foram elaboradas com base na Proposta Curricular da Semed, na Provinha Brasil, na Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) e Prova Brasil. Todos os alunos do 1º ao 4º ano e do 8º ano do Ensino Fundamental foram avaliados.

Chefa da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) da Semed, Núbia Pinto Breves, explicou que a avaliação de desempenho bimestral é uma preparação para as provas nacionais. “Este é um trabalho que a secretaria está realizando para melhorar o desempenho dos nossos alunos na Prova Brasil, Provinha Brasil e ANA. A partir dos resultados é feita uma análise e um plano de intervenção para que os conteúdos que os alunos tiveram dificuldade sejam mais trabalhados”, explicou.

A pedagoga da Escola Municipal Abílio Nery, Ernanda da Fonseca Marques, comentou sobre a expectativa e interesse dos estudantes para a avaliação. “Nós, da escola, conversamos com os alunos sobre a importância da avaliação e eles já têm consciência que serão submetidos muitas vezes a essas avaliações e que vão adquirir experiência. Na prova do primeiro bimestre, tivemos 100% de presença”.

Aluno do 8º ano da Escola Municipal Abílio Nery, Jailton Barros Acelino, 15, comentou que a interpretação de texto é uma das maiores dificuldades da turma. “Esse simulado avalia nossos conhecimentos de português e matemática e serve para ver como está nosso desempenho. Na nossa prova caiu muita interpretação de texto, que é uma das coisas que temos mais dificuldade. Eu, por exemplo, tinha muita dificuldade, mas agora estou começando a entender melhor e as avaliações me ajudam muito”, disse.

Já para a aluna do 4º ano do Ensino Fundamental, Natália Borges, 8, da Escola Municipal Pintor Leonardo da Vinci, as avaliações também contribuirão para melhorar a vida acadêmica. “Eu vou melhorar meu conhecimento, passar de ano e melhorar também minha vida com os estudos”, comentou.

Texto: Luana Carvalho

Fotos: Lton Santos