11/11/19 | 10:31
Segundo dia de Seminário das Escolas de Educação Integral contou com atividades em escolas municipais e praça do Centro da cidade

A roda de conversa “A participação das famílias na Educação Integral: esperanças e compromissos pela qualidade da educação pública” fez parte da programação do 2° Seminário ‘Mudar a Escola, Melhorar a Educação: Transformar Vidas’, deste domingo, 10/11, na Aldeia SOS, no Alvorada, zona Oeste de Manaus.

Além da roda de conversa, o segundo dia de evento contou com a ação “Passeando pela história da cidade de Manaus”, na Praça Dom Pedro II, Centro; “Trilha do Conhecimento” e oficina “A essência das famílias”, na escola Municipal Maria das Graças Vasconcelos; oficina “Ação comunitária e articulações políticas e educativas do Coletivo Caxyri: alternativas urbanas de emancipação”, minicurso “Consciência corporal no exercício do autoconhecimento e da autonomia”, lançamentos de livros, dentre outros, na Aldeia SOS.

No total, participaram da programação deste domingo, na Aldeia SOS, aproximadamente, 400 pessoas, entre professores, pedagogos, alunos, gestores, pais, responsáveis, comunidade em geral, acadêmicos de licenciatura da UEA, bem como representantes das secretarias municipais de educação dos municípios de Itacoatiara, Maués e Boa Vista do Ramos.

O 2º Seminário ‘Mudar a Escola, Melhorar a Educação: Transformar Vidas’, iniciou no sábado, 9/11, e segue até esta terça-feira, 12/11. O evento é uma realização da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus), em parceria com o Coletivo Escola Família Amazonas (Cefa) e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Para secretária em exercício da Semed-Manaus, Euzeni Araújo, foi um domingo bem especial com uma programação variada. Ela destacou os relatos presenciados na roda de conversa, que contou com a participação de pais e educadores que fazem um trabalho diferenciado na educação integral do município de Manaus.

“São várias pessoas que participaram desse momento, entre elas as famílias das escolas de educação integral da Semed. Ficamos atentos a tudo que foi relatado nessa rodada de conversa, em que foi discutido sobre a qualidade do ensino, sobre o que tem sido feito e o que podemos melhorar no oferecimento dessa Educação Integral da rede”, concluiu.

A gestora do Cmei Hermann Gmeiner, Zilene Trovão, considerou o momento de suma importância para todos, sejam educadores ou familiares, pois segundo ela o tema é tratado pela Semed-Manaus com carinho e responsabilidade.

“Os pais participam ativamente do processo pedagógico da escola e, principalmente, têm nos ajudado muito nisso. É primordial trabalhar o lado humano da criança, porque essa educação integral é humanizada, uma escola com princípios éticos e humanos, sendo os alunos sujeito de direito e os pais também”, disse.

A acadêmica de pedagogia Elissa Yoshida de Castro, 42, mãe da aluna do 1º período, Arissa Yoshida de Castro, 5, do Cmei Hermann Gmeiner, participou dado o relato dela no encontro. Para ela, foi muito bom discutir o tema, pois entende que o trabalho na escola tem tidos resultados significativos.

“Foi muito boa a conversa, bastante acolhedora. Escolhi o Cmei Hermann Gmeiner, porque proporciona o desenvolvimento da criança para se desenvolver como criança no tempo e ritmo dela, respeitando também a sua individualidade”, contou.

A diretora, Francineide Bento, da Escola Municipal Aristófanes Bezerra de Castro, bairro Aliança com Deus, zona Norte, uma das unidades de ensino que participou da programação, com ensino de concepção integral da rede, ficou muito satisfeita com a roda de conversa sobre a temática.

“Nós trouxemos para roda de conversa nosso trabalho de educação integral transformadora, mesmo não sendo de tempo integral, nós somos de educação integral. Nós fazemos a diferença com a participação dos pais dentro da escola, dando o melhor de si para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem”, finalizou.

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Cleomir Santos/ Semed

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054