11/07/12 | 9:11
SAÚDE NA ESCOLA

Prevenção ao Tabagismo e ao uso de álcool e outras drogas é tema de capacitação promovida pela Semsa, para professores da rede pública

Professores da rede pública de ensino participam, nesta terça-feira (10), de um curso de capacitação promovido pela Prefeitura de Manaus, sobre a prevenção do tabagismo, do uso de álcool e outras drogas, com abordagem voltada para o universo escolar. Organizado pela coordenação do Programa Municipal de Prevenção e Controle do Tabagismo e pela Equipe Técnica de Ações em Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), o evento acontece das 8h às 11h30, no auditório do Centro de Formação do Magistério (rua Maceió, nº 2.000, Adrianópolis). De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a atividade integra as ações do Programa Saúde na Escola (PSE), executado pela Semsa, em parceria com as secretarias estadual e municipal de Educação (Seduc e Semed).

Classificado pela Organização Mundial de Saúde como a principal causa evitável de doença e morte no mundo, o tabagismo é responsável por mais de 50 doenças diferentes e está na origem de 90% dos casos de câncer de pulmão. Estudos apontam que 90% dos fumantes iniciaram o hábito com menos de 19 anos. Dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PENSE/IBGE/2009) demonstram que, em Manaus, 24,4% de escolares do 9º ano do Ensino Fundamental já fizeram uso do cigarro. “Informações como esta reforçam a necessidade de executarmos políticas de prevenção ao tabagismo com um forte direcionamento para o público infanto-juvenil. Assim como o universo familiar, o ambiente da escola é muito apropriado para o desenvolvimento destas ações de orientação e prevenção, com a fundamental contribuição dos professores”, afirma a coordenadora do Programa Municipal de Controle do
Tabagismo, enfermeira Marlene Lessa.

A coordenadora salienta que, quando se trata do uso de álcool e outras drogas, a PENSE/IBGE/2009 também captou dados que merecem muita atenção. De acordo com a pesquisa, no conjunto de todas as capitais brasileiras e do Distrito Federal, 71,4% dos escolares declararam ter experimentado bebida alcoólica e 22,1% responderam já terem se embriagado. Em Manaus, esses porcentuais ficaram em 57,2% e 16,5%, respectivamente. Sobre o uso de algum tipo de droga ilícita (como maconha, cocaína, crack, cola, lança-perfume, ecstasy), 8,7% dos escolares do 9º ano ouvidos no conjunto das capitais, informaram já ter usado uma dessas substâncias. Em Manaus, a taxa foi de 7,5%. A PENSE/IBGE é realizada a cada três anos. Este ano está em fase de coleta de novos dados, para divulgação de resultado em 2013.

Na programação da capacitação que está acontecendo nesta realizada nesta terça-feira para os professores, estão temas como “Entendendo o Tabagismo como Dependência”, “Tabagismo: um problema globalizado”; “Relevância da Temática na Educação”; e “Prevenção do Uso de Álcool e outras Drogas – Trabalhando com Escolares”.

Saúde na Escola – Criado em 2007 pelos Ministérios da Saúde e da Educação, e lançado em 2009 pela Prefeitura de Manaus, a proposta do Programa Saúde na Escola é oferecer atenção integral de prevenção, promoção e atenção à saúde de crianças, adolescentes e jovens do ensino público. Uma das estratégias para o alcance desses objetivos é promover a articulação entre as escolas públicas e as unidades básicas de saúde, principalmente, da Estratégia Saúde da Família. No primeiro ano de funcionamento do programa, as ações foram desenvolvidas em 15 escolas públicas e envolveram 15 equipes da Estratégia. Atualmente, são 86 escolas e 84 equipes de saúde.

Comunicação Semsa