02/09/14 | 13:59
‘Rimas e Sabores’ é tema de Feira de Ciências na Escola Municipal Waldir Garcia

Alunos do 3° ano A e B da Escola Municipal Professor Waldir Garcia, localizada na Rua Pico das Águas, no São Geraldo, zona Sul, promoveram apresentações sobre o consumo de frutas, legumes, cereais, grãos, especiarias e verduras. Com o tema Rimas e Sabores, os alunos estão participando da competição da 2ª Feira de Ciências promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). A disputa premiará os melhores projetos apresentados em feiras de ciências por alunos da rede municipal.

Meses antes da feira, os alunos da unidade Waldir Garcia realizaram um longo trabalho de pesquisa de campo, quando visitaram uma plantação. Eles também realizaram modelagem de frutas com massa, experiências e oficinas de texto.

Durante a feira realizada nesta terça-feira, Keliane Araújo, 8 anos, aluna do 3° ano B, explicou sobre a importância do consumo do kiwi, mamão e marmelo. “As frutas são saborosas e nutritivas. Dias atrás, visitamos uma plantação. Conheci como se planta a alface e a pimenta. Foi divertido”.

Lucas Aragão, 9 anos, do 3° B, falou sobre grãos. “Aprendi e falei sobre o grão de bico, ervilha e lentilha. É bom incluir grãos na alimentação”, disse. Havia receita de suco saudável e explicações sobre a importância de uma alimentação saudável.

Competição

O assessor de tecnologia da Divisão Distrital Zonal Sul, George Sousa, disse que os trabalhos estão cada vez mais competitivos porque as escolas têm realizado pesquisa científica com os alunos. “Avalio que a qualidade dos projetos se dá em função da qualidade das formações continuadas oferecidas aos professores. A Escola Waldir Garcia está dentro do paramento do que tem de melhor na nossa rede e reúne todas as condições para representar nossa DDZ na próxima etapa”, disse.

A professora Daniele Coelho explicou que o Projeto Rimas Saborosas envolveu as disciplinas de português, ciências e artes. “Houve produção de texto, oficina de artes, modelagem e pesquisa de campo. Com tudo isso eles foram envolvidos em uma pesquisa científica que resultará em uma revista, a Pomar, que será lançada brevemente”, contou. Além da aprendizagem, o consumo de alimentos saudáveis melhorou bastante segundo a professora.

As próximas etapas da feira serão em setembro e outubro deste ano.

TEXTO: Cleidimar Pedroso