30/08/12 | 17:22
Reunião sobre o Ideb

Chefes dos departamentos, professores, servidores, pedagogos e técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed), se encontraram na manhã desta quarta-feira, 29, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul da cidade, para uma reunião de análise preliminar dos dados quantitativos do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) 2011.

Na oportunidade, foram relatados aos educadores da Secretaria os resultados preliminares disponibilizados no portal Inep/Mec. O Secretário Municipal de Educação, Mauro Lippi, aproveitou para agradecer o esforço de todos os profissionais de educação pelos índices alcançados, e reiterou que o trabalho continua.

“Quero parabenizar e prestar uma justa homenagem a todos vocês que se dedicaram com afinco para que nossas escolas tenham conquistado bons resultados. Todas as pessoas que estão aqui (auditório) merecem meu respeito e admiração, mas nossas metas continuam e precisam ser superadas para os desafios que virão no futuro”, comentou.

A diretora do Departamento de Gestão Educacional da Semed, Wissilene Brandão, destacou a colaboração dos educadores que se dedicaram ao plano estratégico Pró-Ideb, que culminou em um conjunto de ações implementadas que mobilizaram professores, diretores, pedagogos, alunos, pais, igrejas e a comunidade em geral. Segundo a chefe da pasta, houve uma participação efetiva e mobilizadora da atual gestão educacional.

“Todos que estão aqui (reunião) contribuíram para que a rede municipal saísse da estagnação do Ideb e alcançasse bons resultados que foram divulgados nesses resultados preliminares. No dia 10 de setembro os dados serão apresentados aos diretores com as análises conclusivas”, citou.

Alguns dados refletem a evolução da rede municipal de ensino na análise preliminar. Apesar de o índice da Semed Manaus ser dez pontos percentuais inferior ao indicador nacional, bem como ser inferior ao estadual, houve um aumento no rendimento final geral da rede em 9,3 pontos percentuais em comparação ao índice de 2008.