02/05/13 | 9:21
Representantes de escolas discutem propostas de política para a educação na zona Leste

O secretário Municipal de Educação, Pauderney Avelino, se reuniu na terça-feira, 30, com representantes de 73 escolas municipais da zona Leste, entre eles 71 gestores, 70 professores, 63 pais e responsáveis e 14 alunos, para o ciclo de discussões de 150 propostas da Divisão Distrital Zonal (DDZ) IV- Leste I – da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

O encontro foi realizado no auditório da Associação para o Desenvolvimento Coesivo da Amazônia (ADCAM) e contou também com a participação de educadores, assessores pedagógicos e chefes dos eixos educacionais da DDZ IV.

O encontro oportunizou a comunidade escolar da DDZ Leste I, um espaço democrático de discussão para a construção coletiva de políticas públicas educacionais para o município.

Pauderney Avelino disse que foi ao encontro para prestigiar, incentivar, motivar e acompanhar de perto os trabalhos realizados por educadores e a sociedade civil em geral para encontrar soluções na melhoria do processo de ensino aprendizagem.

“Quero pedir que todos os envolvidos nesse processo da Pré-Conferência possam sugerir e propor ideias para nossa educação. Todos devem procurar três eixos primordiais para alcançar nossos objetivos: ousadia, comprometimento e coragem”, destacou.

A chefa da DDZ IV, Geise Roque de Souza, define o evento como um momento fundamental para a educação do município, em que todos interagem em prol da melhoria na aprendizagem dos alunos da rede.

“Com base nesses documentos é que vai sair, nos próximos dez anos, a política pública educacional. Todos os segmentos estão participando: pais, alunos, professores, gestores e comunidade civil. Todos eles estão tendo essa oportunidade, dentro das proposições dos eixos temáticos. Tudo isso vai sair do papel e será colocado em prática nas escolas”, comentou Geise.

A professora Marisa Feitosa, da Escola Municipal Catarina Paz da Costa, Coroado, zona Leste, é uma das participantes da reunião e tem esperança de que todos contribuam para um ensino melhor no município.

“Esse momento é uma maneira de ouvir o que a comunidade escolar está necessitando. Na verdade, está sendo discutido tudo aquilo que vem a favor da comunidade, seja da família, dos alunos, dos professores, tudo em prol de atender as necessidades da educação”, declarou a professora.

Na chamada primeira etapa da Pré-Conferência, realizada nas escolas municipais da zona Leste, participaram aproximadamente 1.800 pessoas e foram elaboradas 1.600 propostas, das quais apenas 8% foram selecionadas para a Pré-Conferência da DDZ IV, zona Leste I, da Semed.