28/08/18 | 12:59
Representantes das escolas municipais recebem orientação para escolha do Livro Didático

Cerca de 300 pessoas entre assessores, coordenadores pedagógicos e pedagogos das Divisões Distritais Zonais (DDZs) Norte, Centro-Sul e Oeste, da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e que atuam na Educação Infantil e anos iniciais (1º ao 5º) do Ensino Fundamental, estiveram reunidos na manhã desta terça-feira, 28/8, no auditório da Universidade Paulista (Unip), no bairro Parque 10, zona Centro-Sul, para escolher o Livro Didático do quadriênio 2019/2022, que serão utilizados na rede.

Profissionais da DDZ Leste II também estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira, para a escola dos livros. Nesta quarta-feira, 29/8, será a vez da DDZ Sul receber as orientações.

O objetivo do encontro foi orientar os profissionais sobre o estudo e análise do guia norteador para a escolha do livro didático, de acordo com o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), do Ministério da Educação (MEC), que busca subsidiar o trabalho pedagógico dos professores distribuindo coleções de livros didáticos aos alunos da Educação Básica e Ensino Médio.

A escolha do livro será feita nas unidades pelos professores, até o dia 10/9, por meio do portal do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Os livros dos alunos de 1º ao 5º ano serão consumível, ou seja, não precisarão ser devolvidos para a escola, diferente do manual do professor, que deve ser devolvido caso o educador mude de unidade. Já no caso dos livros da Educação Infantil, somente o professor recebe o material, que será utilizado por três anos.

Durante a escolha, os professores terão três opções de materiais. O primeiro é único para cada escola, em que são registrados os materiais que a escola deseja recebe. O segundo é único para cada grupo de escola, nesta opção a rede de ensino define um grupo específico que receberá o material mais escolhido entre as unidades ali presentes. A última opção é única para toda rede de ensino, onde todos receberão o material didático mais escolhido pela rede.

A coordenadora municipal do Livro Didático, Loana Portela, explicou que todas as unidades devem escolher uma das três opções, sob pena de não receber o material. “As escolas precisam escolher os livros com muito cuidado, analisar as obras que mais se encaixam no perfil da escola, mas se optar por não receber o livro ou não acessar o portal, a unidade ficará por quatro sem receber o material”, explicou.

Após o encontro, os representantes de cada DDZ estarão reunindo nas escolas repassando todas as informações, para que a escolha seja feita de forma consciente. “Nós precisamos ter bastante clareza para fazer a escolha desse material, pensando em tudo aquilo que a gente quer alcançar com os alunos e que seja de acordo com a proposta da Semed”, comentou a pedagoga da Escola Municipal Erasmo Augusto de Araújo, Noélia Cezário.

A gestora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Mário Jorge Couto Lopes, Eliane Bizantino, pretende reunir com a equipe de professores na próxima semana, evitando deixar a escolha para o último momento.

“Nós temos pouco tempo para fazer a escolha, por isso pretendo reunir o mais breve com os professores e evitar qualquer imprevisto de última hora”, disse ela.

 

Texto: Érica Marinho

Fotos: Cleomir Santos

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação

(92) 3632-2054