31/03/15 | 8:01
Representantes da Semed se reúnem com educadores físicos para ouvir reivindicações da categoria

Professores de Educação Física da Secretaria Municipal de Educação (Semed) foram recebidos, nesta segunda-feira, 30, por representantes do órgão para apresentar reivindicações da categoria. A reunião aconteceu no auditório da sede da Semed, no bairro Parque 10, zona Centro-Sul.

A secretária da Semed, Kátia Schweicardt, recebeu o grupo com cerca de 30 professores, representados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas (Sinteam), ouviu os questionamentos e sugestões que eles abordaram. Os professores pedem uma revisão na Hora de Trabalho Pedagógico (HTP), nos espaços utilizados nas escolas para a realização da atividade física e divisão de tempo das aulas diárias.

Diante dos levantamentos dos docentes, a secretária sugeriu a criação de uma comissão, envolvendo representantes do sindicato, do Conselho Regional de Educação Física (CREF) e professores que atuam nas escolas, para que sejam elaboradas propostas junto à Subsecretaria de Gestão Educacional e à Divisão de Ensino Fundamental (DEF), da Semed.

“Já houve uma série de fóruns e os professores acharam que não foram bastante ouvidos. Partindo disto, resolvi atendê-los, escutá-los e sugeri que se formasse uma comissão para estudarmos as propostas. Sabemos que não é possível ganhar todos, nem todos vão sair felizes, vai exigir um esforço por parte dos professores, mas vamos ouvir as sugestões que eles devem nos trazer, por meio desta comissão, uma vez que eles não estavam se sentindo contemplados na proposta que a Semed havia feito anteriormente”, informou.

Para o assessor pedagógicao de Educação Física da DEF, Zacarias Lopes, as decisões tomadas pela comissão junto à Semed têm o objetivo de melhorar as condições de trabalho dos professores, mas não podem fugir das propostas obrigadas a serem cumpridas por lei.

“Diante da comissão, iremos fazer estudos de toda a base legal que respalda os assuntos envolvidos. Em cima disso, vamos nos apropriar e começar os debates para chegar a um consenso. A Semed está procurando se posicionar para debater todos os assuntos e, de acordo com as leis, tomar as decisões”, relatou.

A comissão, que foi formada para criar propostas para melhorar as condições de trabalho dos professores de educação física, está composta por cinco pessoas, sendo quatro professores da rede. Os educadores são: Ciziomar Freitas, Cristiane Morgado, Onismarina Conceição e Mansour Elias Dorgam, além de Ana Amelia Libório, que deve representar o CREF e o sindicato.

O professor Mansour Dorgan, destacou como positiva a reunião com a secretária e representantes da Semed. Ele destacou, ainda, a participação de profissionais que estão atuando nas escolas para compor a comissão.

“O encontro foi positivo, tendo em vista que vai melhorar tanto para o município, quanto para os professores e alunos. E é importante a participação dos professores neste processo, pois vamos levar experiências reais, o que pode e o que não pode ser feito, de acordo com a realidade das escolas. Não queremos prejudicar nenhum aluno ou professor, vamos tentar melhor o currículo e o emprego da carga horária do professor de educação física, que não está errada, mas tem que ser adequada à realidade da secretaria”, relatou o professor.

As conversas da comissão com representantes da Semed devem ser retomadas ainda nesta semana e, assim que tiverem um posicionamento mais direcionado, devem se reunir novamente com a secretária Kátia Schweicardt para analisar as propostas viáveis.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

FOTOS: Lton Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054