16/03/16 | 16:45
Rede municipal de educação busca parceria para tornar aulas mais atrativas

16-03-16-Parceria município e Centro de Formação Ocean UEA- Foto-Rodemarques Abreu (4)Com intuito de tornar as aulas mais atrativas e oferecer mais recursos aos alunos e professores da rede municipal de ensino, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) reuniu com representantes do Centro de Formação Ocean da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), na manhã desta quarta-feira, 16.

A reunião visa formar uma parceria para a realização de um trabalho com projetos educacionais da UEA voltados para utilização das tecnologias nas escolas. Esses projetos são direcionados ao desenvolvimento de jogos e aplicativos, além da formação dos educadores, que serão os multiplicadores dentro da rede municipal de ensino.

16-03-16-Parceria município e Centro de Formação Ocean UEA- Foto-Rodemarques Abreu (3)Também será estudada a possibilidade de iniciar uma ação com professores de matemática, para que trabalhem  com pontos críticos da disciplina para os alunos e, em seguida, estimulem os estudantes a desenvolverem soluções para os problemas, com auxílio da tecnologia.

De acordo com a secretária da Semed, Kátia Shcweickardt, o órgão tem buscado tornar as aulas cada vez mais atrativas, principalmente, para os alunos dos Anos Finais, do Ensino Fundamental. Ela destacou, ainda, a importância da rede conhecer e trabalhar com novos caminhos da inclusão digital. “A nossa ideia é trazer nossos educadores, sobretudo professores e monitores dos Telecentros, e alguns alunos dos Anos Finais, do Ensino Fundamental, para que possamos estabelecer uma mudança de comportamento e de mentalidade da nossa rede”, explicou.

16-03-16 - Ocean- Ass (2)Segundo a gerente de Tecnologia Educacional (GTE) da Semed, Aldemira Câmara, a visita foi proveitosa, pois possibilitará uma integração entre o trabalho realizado na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) e um olhar diferenciado do que se pode aprender com o Ocean. “Esse projeto busca inserir a tecnologia no campo educacional desenvolvendo softwares e aplicativos educacionais, isso vai  contribuir muito mais com as nossas práticas de tecnologia educacional dentro de nossas escolas”, enfatizou.

Segundo o coordenador de Engenharia da Computação da UEA e coordenador do Ocean, Antenor Ferreira Filho, o projeto é desenhado pela Samsung, e aqui em Manaus é o terceiro existente no mundo, além da Coreia do Sul e São Paulo. Ele disse ainda, que por ter sido implantado dentro de uma unidade de ensino gerou resultados expressivos, na capital amazonense.

“Facilita o trabalho dentro da universidade. O ambiente é muito acolhedor pelos professores e os alunos estão aqui perto. Não é somente os estudantes da universidade, mas também os alunos finalistas do segundo grau podem participar. Já passaram por aqui 12 mil pessoas, em dois anos, com dois tipos de cursos básicos”, esclareceu.

 

Texto: Paulo Rogério Veiga

Fotos: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054