02/10/15 | 14:16
Puxirum Cultural incentiva leitura dos alunos ribeirinhos

unnamed5Leitura de contos, poemas e a apresentação de trabalhos diversos abriram o Puxirum Cultural, na quinta-feira, 1°. O projeto, que significa a promoção de trabalhos pedagógicos em equipe, é realizado por alunos da Escola Municipal Santo André, localizada na comunidade Nossa Senhora Auxiliadora, no rio Negro. O Puxirum Cultural terá atividades até o dia 13 de outubro e faz parte do evento ‘Dia de ler é todo dia’, da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

De acordo com a gestora Paula Beltrão, os trabalhos encerram o ano letivo das escolas da zona ribeirinha no Rio Negro, que possuem calendário especial por conta da cheia e da vazante e iniciaram as aulas em janeiro. Segundo ela, foi reunido todo o conhecimento obtido durante o ano para a exposição dos trabalhos voltados ao incentivo da leitura e da escrita.

unnamed6“O Puxirum Cultural reúne todo o trabalho de toda a equipe da comunidade escolar, pais, alunos, professores, parceiros. É a junção desse povo mostrando o que trabalhou em 2015 e o que ainda vai ser trabalhado até o dia 16 quando encerramos o nosso ano letivo”, informou.

Os trabalhos foram divididos por equipes, ficando a Educação Infantil com a apresentação de fantoches. Os alunos do 1º, 2º e 3º ano ficaram com o tema ‘Florestando na Leitura’, já os alunos do 4º e 5º ano apresentaram ‘Contos da Vovó’. Os alunos do 6º ao 9º ano foram os responsáveis pela leitura de poemas nacionais e regionais, que foram expostos pelos espaços da escola.

unnamed7De acordo com o professor Paulo Gravata, os trabalhos visam incentivar a leitura e a exploração de obras literárias amazonenses e nacionais, além da elaboração de poemas.

“O projeto traz a conclusão de todos os trabalhos dos professores durante o ano, além de incentivar o gosto dos alunos pela leitura de obras regionais e nacionais, fazendo uma alusão ao dia do poeta e é trabalhado dentro do evento ‘Dia de ler é todo dia’ da Semed”, contou.

O aluno Gleidoson de Souza Brito, 14, do 9º ano, leu o poema de sua autoria, que falava sobre a árvore. Ele contou que no começo do ano ainda tinha dificuldades com a escrita para a formação de poemas, mas melhorou depois de se aplicar aos estudos e do apoio do professor.

unnamed8“Eu gosto de poemas, mas tinha dificuldade em escrever. Então, o professor Douglas me deu apoio. Eu me dediquei nas aulas de português e agora estou bem melhor. Eu apresentei no Puxirum um poema que fiz intitulado ‘A Árvore’, que fala sobre o cuidado que devemos ter com o meio ambiente para não sofrermos as consequências depois”, destacou o aluno.

Durante o Puxirum Cultural, pais e alunos ainda assistiram a apresentação do palhaço Pipoca e a uma palestra sobre higiene bucal com a dentista Satiê Okada, que orientou os pais sobre a limpeza bucal das crianças.

TEXTO: João Pedro Figueiredo
FOTOS: Cleomir Santos

Assessoria de Comunicação

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

(92) 3632-2054