05/11/15 | 11:05
Propostas para a Base Nacional Comum Curricular devem ser feitas até o dia 12 de dezembro

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) está mobilizando todos os servidores e a sociedade, interessada em contribuir com sugestões e ideias, para a formalização da proposta preliminar da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). As proposições podem ser feitas até 12 de dezembro no portal do Ministério da Educação (MEC), pelo link: basenacionalcomum.mec.gov.br, onde está disponível para consulta pública o documento preliminar. O MEC receberá todas as sugestões e produzirá a versão final do documento até junho de 2016.

A proposta da BNCC, que foi escrita por um grupo de especialistas, professores e representantes das secretarias estaduais e municipais de educação de todo país, em setembro de 2015, é buscar a padronização de, pelo menos, 60% do currículo da Educação Básica, além de assegurar que todo estudante brasileiro tenha o direito ao aprendizado de conhecimentos fundamentais, com equidade em todo o sistema educacional, independente da esfera de ensino.

De acordo com a gerente de Formação Continuada (GFC) da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Semed, Rosane Xavier, o texto da BNCC visa que o cidadão com um currículo base consolidado possa ter conhecimento básico global.

“Os 60% de currículo base fazem com que o conhecimento adquirido pela comunidade seja um currículo que dê conta para um homem deste século e para o futuro, para que esteja onde estiver, o homem tenha um conhecimento que garanta uma interlocução em todos os lugares. Esses conhecimentos devem dar conta de toda a demanda social, tanto local como global”, informou.

Para que a importância da participação seja levada para toda a sociedade, por meio das escolas, a Semed tem realizado reuniões com as Divisões Distritais Zonais (DDZs) para explicar como podem ser feitas as proposições. No site do MEC, quem quiser deixar suas propostas tem a opção de se cadastrar como:’indivíduos’, ‘organizações’ e ‘escolas’.

“Nossa responsabilidade, como Semed, é mobilizar todos de forma mais direta voltada para a educação, de propor questões mais coerentes, de maior reflexão, de mais refinamento pedagógico. É o momento de mobilizar as DDZs, os setores da secretaria, até chegar às escolas, que é o nosso principal foco”, salientou.

Conforme Rosana, já houve cinco grandes encontros desse trabalho em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc/AM), na qual se formou uma comissão estadual, da qual participa. “Estamos orientando os servidores das escolas para que reúnam todas as sugestões e participem com suas proposições como ‘escola’, mas quem quiser participar como ‘indivíduo’ também pode”, garantiu a gerente.

Dia D

Para marcar a participação de todos os servidores da rede municipal de educação, será realizado o ‘Dia D’ na Semed, no dia 1º de dezembro, onde todas as unidades de ensino vão parar para realizar o envio das propostas e fazer o encaminhamento no site do MEC.

“Este é o momento para propor alteração, permanência ou revisão textual de algum item para a formação do currículo. A base legal vem desde a Constituição de 1988, depois, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Tratou a necessidade de ter uma base comum e agora o Plano Nacional de Educação (PNE), que fechou com 20 metas e a meta 7 configura ainda mais a importância de uma base curricular nacional”, destacou Rosane Xavier.

Encontro

Voltados à BNCC, no dia 12 de novembro, coordenadores de Telecentros da Semed estarão reunidos na DDPM, no conjunto Vila Amazonas, zona Centro-Sul, para abordar o eixo tecnologia em todas as disciplinas e fazer uma agenda de mobilização nas escolas com os formadores.

“O encontro com o pessoal do Telecentro é para apresentar o texto da proposta preliminar, que está no site do MEC, fazer uma análise de como o texto foi construído e realizar uma oficina para elaborar a agenda de mobilização nas escolas com os formadores”, explicou a gerente.

TEXTO: João Pedro Figueiredo

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054