05/12/14 | 10:34
Projetos exitosos aplicados em sala de aula marcam último dia de congresso da Semed

As práticas inovadoras aplicadas em sala de aula e que surgiram a partir dos cursos de formação continuada oferecidos pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) foram destaque nesta quinta-feira, 4, último dia 1º Congresso de Educação. Palestras e debates com especialistas renomados também fizeram parte da programação.

Adaptar os romances de Shakespeare a uma linguagem acessível e traduzida para o ensino da língua inglesa foi a ideia da professora Mary Ellen Cacheado. A experiência divulgada durante o congresso fez toda a diferença no processo de aprendizagem dos alunos de 6º ao 9º ano da Escola Municipal Francisca Campos, no bairro Tarumã.

“Eu dou estratégias de leitura e aula do vocabulário básico adaptando textos como Romeu e Julieta. Eles aprendem um diálogo através de um contexto literário e isso torna o aprendizado mais atraente”, explicou Mary Ellen.

Outro caso de sucesso é o Blog Reflexões de Maria (www.emefreflexoesdemaria.blogspot.com.br). Criado pela professora Alessandra Tomé Campos, a ferramenta utiliza o diário online para ensinar ortografia e concordância verbal aos estudantes.

“Foi detectado nos alunos um grande problema com a questão da leitura, escrita e interpretação. Eles têm dificuldades com a ortografia. Nós pensamos em criar o blog, já que é uma ferramenta muito presente no dia a dia deles. Hoje, todos os textos postados foram escritos pelos alunos e surgiriam a partir de temas relevantes na sociedade, como a gravidez na adolescência. São 400 alunos envolvidos que de uma maneira mais interessante aprendem Língua Portuguesa”, afirmou.

Em três dias de evento participaram do Congresso de Educação mais de 800 profissionais do magistério, segundo levantamento da coordenação. A ideia foi reunir os projetos desenvolvidos a partir das orientações dos cursos de formação continuada ofertados pela Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), informou a gerente de Tecnologia Educacional da Semed, Aldemira Câmara.

“Foram expostos trabalhos que a DDPM desenvolve durante as formações continuadas. Eles (professores), muitas vezes, saem de uma faculdade e procuram outros cursos para complementar a graduação, então essa é a função da DDPM e só haverá melhoria do rendimento escolar desta forma”, declarou.

Palestras

A professora doutora da Universidade Federal do Pará (Ufpa), doutora Wilma Nazaré, e uma das palestrantes deste último dia de atividades, destacou que as práticas inovadoras são vitais para a formação dos professores. “A partir deste congresso, a Semed terá profissionais mais capacitados e preparados”.

Ainda no encerramento, houve a palestra Africanidades, que discutiu sobre a aplicabilidade da lei 10.619/2003 que trata sobre o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana, ressaltando a importância da cultura negra na formação da sociedade brasileira.

Para o professor da Escola Municipal Sonia Maria, Francinézio Amaral, o congresso serviu para trocar experiências e divulgar projetos.  “Foi uma oportunidade de mostrar um projeto de extensão quando fui professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e, também, de divulgar meu livro que lancei no ano passado”, mencionou o educador.

 

TEXTO: Thiago Botelho e Emerson Felipe

FOTOS: Lton Santos e Cleomir Santos

Secretaria Municipal de Educação (Semed)

Assessoria de Comunicação (92) 3632-2054 / 8842-1188