05/12/13 | 18:26
Projeto voltado à cidadania e esclarecimentos acerca direito e deveres conclui seus trabalhos

A 1ª etapa do projeto Direito e Cidadania nas Escolas Municipais de Manaus, que levou informações e discussões acerca de cidadania e direitos e deveres relevantes ao conhecimento da sociedade, concluiu suas atividades neste ano e realizou solenidade de enceramento, na tarde de ontem, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), zona Centro-Sul da capital.

Neste primeiro momento a ação beneficiou 500 alunos de cinco escolas municipais da secretaria e oportunizou 15 atendimentos jurídicos a alunos e seus pais. O projeto é coordenado pelo professor da Faculdade Federal do Amazonas, em parceria com a Semed e executado pelos acadêmicos do curso de Direito da UFAM.

A ação é destinada aos alunos do 6º ao 9º ano e tem a finalidade de proporcionar às comunidades localizadas nos entornos das escolas visitadas,  oficinas pedagógicas com a temática “cidadania e direitos humanos” e orientações jurídicas gratuitas com possíveis encaminhamentos ao Núcleo de Prática Jurídica da FD/UFAM.

Jamilson Fernandes, aluno do 9º ano da Escola Padre Puga, destaca que a partir do conhecimento adquirido com o projeto pode esclarecer algumas dúvidas. “Com ele (projeto) aprendi que temos direito a uma saúde de qualidade e, sobretudo, não devemos ser apáticos, devemos lutar e exigir por ele. Ele foi de extrema importância na minha vida, pois consegui mudar minha forma de pensar”, ressaltou.

Durante a ação, os alunos puderam prestigiar palestras e oficinas, além destas o projeto Direito e Cidadania, também, realiza atendimento jurídico aos pais dos alunos, que recebem orientações sobre os direitos do consumidor, com o apoio dos acadêmicos de Direito. Estes cidadãos passam a ter conhecimento sobre direitos trabalhistas, investigação de paternidade, pensão alimentícia, entre outros.

“É fundamental que os nossos alunos tenham conhecimento acerca dos seus direitos e deveres enquanto cidadãos. Isso os torna pessoas mais críticas, mais maduras e, sobretudo, esclarecidas. Ações como essa contribuem para isso. Fico feliz por essa parceria e espero que continue”, disse o secretário, Pauderney Avelino, em agradecimento pela parceria e o trabalho prestado à Semed.