01/06/16 | 15:37
Projeto ‘Pais presentes, alunos eficientes’ pretende reduzir evasão e abandono escolar

01-06-16-Lançamento do Projeto - Pais Presente Alunos Eficientes - Fotos Rodemarques abreu (9)O trabalho para a redução do número de evasão e abandono escolar ganhou um reforço importante nesta quarta-feira, 1º, com o projeto ‘Pais presentes, alunos eficientes’, que foi lançado na Escola Municipal Professora Edinir Telles Guimarães, localizada na zona Leste.

Quarenta escolas da rede municipal de ensino das zonas Norte e Leste aderiram ao projeto, que visa sensibilizar os pais para que se tornem mais presentes na vida escolar dos filhos. Outras 30 unidades educacionais da rede estadual também integram o projeto.

A Prefeitura de Manaus já realiza projetos para reduzir o abandono escolar, mas o trabalho em conjunto com outras entidades é fundamental para que o número reduza ainda mais, como informou a subsecretária municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos, Mônica Santaella.

01-06-16-Lançamento do Projeto - Pais Presente Alunos Eficientes - Fotos Rodemarques abreu (8)“Apesar de termos números indicando a redução do abandono escolar, a evasão ainda é grande e é um trabalho que não pode ser feito só pela escola. Faltava essa união de esforços para trazer os pais às escolas e evitar que as crianças, em risco de abandono, saiam das escolas no final do ano”, salientou.

O conselheiro tutelar Marcos Lima da Cunha foi o idealizador do projeto que, segundo ele, vai ter um trabalho reforçado nas escolas para sensibilizar os pais ausentes. “O trabalho surgiu devido a grande procura de pais ausentes que acabam transformando a escola em depósito de crianças e vamos tentar reduzir o abandono e infrequência. Vamos trabalhar em sintonia com um grupo voltado para a educação, com palestras e outros trabalhos nas escolas para sensibilizar os alunos faltosos e os pais que estão ausentes”, informou.

01-06-16-Lançamento do Projeto - Pais Presente Alunos Eficientes - Fotos Rodemarques abreu (3)Os resultados do projeto só devem ser notados daqui alguns meses, quando o trabalho terá surtido efeito diretamente nas escolas e nas famílias, como destacou a chefe da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste 2, Socorro Duarte. “Esperamos, daqui alguns meses, poder dizer que conseguimos reduzir os índices de evasão das nossas crianças e adolescentes, devido ao trabalho feito por essa rede que está se unindo para que este projeto dê certo, pois precisamos mostrar que unidos somos mais fortes”, destacou.

Presente na escola para acompanhar os estudos da filha Lilian Monique, a vendedora Iza Cassiano acredita que a participação dos pais na escola é fundamental para a mudança da educação. “Acompanho sempre minhas filhas. É fundamental essa participação e acredito que se todos participassem, a educação seria bem diferente”, observou.

A implantação do projeto no ambiente escolar, conta com a parceria de diversos órgãos e instituições que prezam pelos direitos e deveres das crianças e adolescentes, como o Conselho Tutelar, Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Juizado da Infância e Juventude Cível, Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), Defensoria Pública do Estado do Amazonas, Policias Civil e Militar, Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Semjel), além de Organizações não Governamentais (ONGs).

Texto: João Pedro Figueiredo

Fotos: Rodemarques Abreu

 

Secretaria Municipal de Educação (Semed)
Assessoria de Comunicação
(92) 3632-2054